50 sinais de que você já “espanholizou”

Já se passaram mais de cinco anos que vim morar na Espanha e há momentos em que percebo que estou completamente integrada ao estilo de vida espanhol. Aliás, voltar ao Brasil esse ano me fez perceber que eu já “sou” mais espanhola do que pensava, porque muitos costumes do Brasil me provocaram estranhamento.

Por isso, se você está na Espanha há uma temporada, irá se identificar com pelo menos alguns dos sinais dessa lista de 50 sinais de que você já espanholizou. Se eu esqueci de alguma coisa, deixem um comentário.

Horário

1. Você já diz que acordar antes das 8:00 é madrugar, mesmo que no Brasil sempre tenha achado normal acordar às 6:00.

2. Você já se acostumou a reservar um restaurante para jantar às 22h.

3. Você toma dois cafés da manhã: um ao acordar e outro lá pelas 11 (de preferência em alguma cafeteria), já que ainda tem bastante tempo até o almoço, que vai ser só depois das 14.

4. Você já sabe que o botellón (esquenta) vai ser mais longo que a balada em si. Aliás, entrar antes da 1 na balada é um fiasco.

5. Você odeia mais seu vizinho quando ele faz barulho num domingo à tarde do que durante qualquer madrugada. Afinal, cadê o respeito à sagrada siesta?

via GIPHY

6. Você se acostuma a ter sol até 22 da noite no verão.

Comida/Bebida

7. Sai o arroz e entra o pão em todas as refeições. Por quê? Porque todo mundo ama “el pan para mojar”.

8. Você já conhece as trocentas maneiras de pedir um café num bar.

via GIPHY

9. Tem coisa melhor nessa vida que pão com tomate, azeite e sal? (Ok, admito que morro de saudade do pão francês, mas amo os dois).

10. Domingo é dia de paella e não de lasanha.

via GIPHY

11. Você se acostuma a comer churrasco só no verão e não o ano inteiro (mentiiiiira, nunca vou acostumar).

12. Você olha feio, muito feio para o garçom quando vai num bar e ele não coloca uma tapa.

via GIPHY

13. Você passa a amar jamón. Por outro lado, se você for vegetariano, você sofre porque aqui tem jamón em tudo!

14. Você já sabe a diferença entre uma caña, um doble, uma pinta, um tercio, um botellín, uma clara… sim, tudo isso são formas de pedir uma cerveja.

via GIPHY

15. Você se acostuma a pedir bebidas alcoólicas que não tenham açúcar. Adiós, caipirinha; hola, cubata!

16. Você se acostuma com o fato de ter que mudar de bar justo quando está se acostumando a estar em um deles – e sempre comendo em pé, claro!

Clima

17. Você aprende a valorizar as estações e no verão só topa ir a um bar se tiver terraza.

18. Você vai falar mal do verão de Madrid para quem acaba de chegar à cidade como se fosse um verdadeiro expert.

19. Você vai sair de Madrid em agosto porque é simplesmente impossível ficar na cidade, que tem um calor absurdo e está completamente deserta.

20. Sabe o leque, aquela coisa que você achava cafona? Vai virar seu melhor companheiro durante o verão.

Cultura/ Esportes

21. Mesmo que você odeie o calor, é impossível não amar o verão por seus festivais de música.

Sabe qual o tamanho dessa cerveja? Mini!!

22. Você entra num bar e está tocando Sabina e você se sente em casa. Se você estiver em outro país, você vai pensar “que saudades de casa!”.

23. Você já não chama Almodóvar de Almodóvar e sim de Pedro.

Felicidade total ao “encontrar” Pedro em Callao (olha ele ali na janela!)

24. Já conhece todos os memes espanhóis.

25. Nada de Brasileirão ou Libertadores, aqui você assiste à Liga e à Champions.

26. Mesmo que você não seja super fã de flamenco, como é o meu caso, quando começa a tocar você já sente aquela vontade de mexer as mãos e bater palmas.

via GIPHY

Geral

27. Fala alto. Não, você grita numa conversa qualquer, mesmo que seu interlocutor esteja a menos de um metro de distância.

via GIPHY

28. Jogar papel no chão do bar. Você achava que nunca ia fazer isso, mas hoje acha a coisa mais natural do mundo.

29. No seu aniversário, não espere que todo mundo apareça com um presente. Pelo contrário, se você não pagar cerveja para todo mundo, você é que é o mal-educado!

30. Você dá dois beijos. Sempre. Inclusive quando vai pro Brasil!

via GIPHY

31. Você aprende a dizer não e percebe que não é falta de educação, é simplesmente ser direto. Quando um amigo te chama pra ir no cinema  e você não quer ir, você simplesmente diz: “Não, não vou” e não inventa que tem que trabalhar até mais tarde.

via GIPHY

32. Você xinga em espanhol. “Coño”, “me cago en la leche” “(hi)joputaaaa” e aí vai.

33. Você vai falar mal da Espanha, mas se algum estrangeiro ousar falar mal na sua frente, você não resistirá em defendê-la.

34. Você se acostuma a ir caminhando para todos os lugares e quando alguém te pergunta se o lugar x está longe, você sempre fala que está perto, “são 5 minutinhos andando” (mesmo que sejam 20).

35. Você descobre que as moedas têm valor e valem muito. Na verdade, você provavelmente já saiu uma noite de cañas só com moedas no bolso (por outro lado, você sofre ao não poder usar o cartão de crédito/débito para pagar qualquer coisa).

36. Você passa a fumar ou pelo menos pensa em fazê-lo, já que fumar é uma das formas de socializar por aqui.

via GIPHY

37. O shopping deixa de ser o lugar onde faz compras, come, encontra os amigos, vai ao cinema, etc. Você quase nunca vai ao shopping e faz tudo isso caminhando pelas ruas de Madrid.

38.  Você passa a fazer coisas que no Brasil pagava para que fizessem para você, como limpar a casa e pintar as unhas.

39. Você sonha em envelhecer na Espanha porque aqui os idosos têm uma qualidade de vida incomparável e são super animados.

As festas de San Isidro

40. Em algum momento da sua vida, você vai cortar o cabelo de um jeito que nunca sonhou. Sim, cortes de cabelo estranhos (e cores incomuns) são bem comuns por aqui.

Um lado curto, o outro comprido!

41. Você se acostuma a falar uífi (wi-fi) e punk  (com u mesmo, não pãnk).

42. Você trabalha para viver e não vive para trabalhar. Além disso, você entende que ser bem-sucedido não é sinônimo de felicidade e que é ok ser camarero a vida inteira.

43. Você chama suas amigas de guapa, preciosa ou gordi (de gorda).

44- Você diz aos seus amigos que não gosta de ir no lugar x porque só tem guiris (estrangeiros) e aparentemente se esquece que você também não é daqui!

45. Se você vive em uma grande cidade espanhola e não em um pueblo, você aprende que é fácil (e uma delícia) viver sem carro.

46. As pessoas já não dizem que você tem um sotaque carregado ou inclusive chegam a dizer que pensavam que você fosse espanhol(a).

47. Você nutre uma paixão pela região da Espanha onde mora e sempre fala que é muito melhor que as outras por muitos motivos (se for Madrid, quando as pessoas dizem: “Mas Madrid não tem praia”, você responde: “E quem precisa de praia com uma cidade tão linda?”).

48. Você mistura português e espanhol numa frase ou simplesmente não encontra uma palavra em português para expressar algo que consegur expressar perfeitamente em espanhol.

49. Quando algo sai bem, você solta um “¡ole!

via GIPHY

50. Você ainda morre de raiva quando tem que enfrentar a burocracia espanhola, mas já não se imagina longe daqui!

via GIPHY

Te quiero, Madrid! Obrigada por me acompanharem… nos vemos em 2017, chicos!

25 Comentários em 50 sinais de que você já “espanholizou”

  1. Dante Bocchi Jr // 28/12/2016 em 3:35 pm // Responder

    Parabèns Larissa, seus comentàrios sáo maravilhosos ! Pròprio de quem vive e respira a vida espanhola

  2. Viviane Aparecida Lopes Dias Andrade // 28/12/2016 em 9:18 pm // Responder

    Ver e sentir a sua felicidade e o amor que voce tem por essa cidade eh o que me conforta. As saudades eh grande mas o que importa para mim e ver voce feliz. Te amo filha. Bjs

  3. Quase fui às lágrimas com os seus 50 sinais sobre a Espanha, lembrei-me dos 18 anos que estive na minha linda Lisboa e bateu uma vontade maluca de pegar o 1º voo para casa.
    De fato quando vivemos tanto tempo em um lugar (e claro, nos adaptamos as suas “regras” sociais), sem perceber vamos deixando em um capítulo a parte o solo que nos viu nascer. Digo sempre, que o Brasil irá contar um episódio importante da minha história, mas há muito que o meu coração bate verde e vermelho 😉 Obrigada por partilhar as suas vivencias, um grande 2017 !

    • Ai, Alexandra! Acho que ia morrer de saudade se saísse de Madrid. Feliz 2017 pra você e obrigada pelo carinho!

  4. Adorei!! Tudoverdade rs! Me identifiquei em alguns comentários, rs Mesmo não morando aqui mas sendo filha de pais espanhóis e com tios e primos morando em Madrid, sei bem como è. Alguns desses costumes já até tenho incorporado mesmo morando no Brasil. Ex: Falar alto!!rs

  5. Legal sua matéria Larissa fico feliz que esteja já bem adaptada por ahi!!abraços e tenha um 2017 repletos de sucessos ok??

  6. Clelia severino morais // 29/12/2016 em 2:39 pm // Responder

    Que genial,super acertado,depaís de 24 anos aquí me sentí totalmente identificada.FELIZ 2017 A TODAS.

  7. Andréa Machado // 29/12/2016 em 3:10 pm // Responder

    Adorei!!! Oooléee…

  8. Ameei, é bem assim mesmo, apesar que eu moro em Lugo Galícia e é uma cidade pequena, porem aqui eu tenho tudo, Brasil eu volto só de férias,ou se ganho a loteria

  9. Adorei…. não troco minha Granada por nada… afinal ” igual a Grana, no hay na” mas eu não consigo acostumar com as pessoas assoando o nariz na mesa, nem com os canários que arrotam na mesa e na cara de todo mundo. Tb não perco meu sotaque brasileiro por nada…. adoro falar “Hola” e todo mundo saber que sou Brasileira. Parabéns pelo post, muito legal.

  10. Meu Deus, parece un libro escrito por mim, tudo, RS amo Madrid, nossa soh se esqueceram de citar q cuando o festivo CAI no domingo se libra na segunda, kkkkk, Ala Madrid!!!!!!!! Minha cidade!

  11. Acabo de ser brindada com o item 40. Um rico e estranho corte de cabelo com uma franja “rarita”. 12 anos por los madriles e agora 3 por Barcelona… e voltar a Madrid é ir pra casa… de donde eres, me perguntam eles… eu respondo.. de alli… de madriz!!! ?

  12. Lo as clavado!jajaja ?

  13. Amoooo esse blog!!! Demais!!! Feliz 2017!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notice: Undefined variable: gdprcp_content in /customers/1/f/b/estoesmadridmadrid.com/httpd.www/wp-content/plugins/gdpr-cookies-pro/gdpr-cookies-pro.php on line 275