Quanto custa fazer a faculdade ou uma pós na Espanha?

(Post atualizado em janeiro/2019)

Na Espanha, assim como no Brasil, as universidades públicas também aparecem entre as melhores, o que leva muita gente a pensar: “por que não fazer uma pós ou até mesmo a graduação na Espanha sem gastar nada?”. O problema é que não funciona bem assim porque aqui as universidades públicas são pagas! Tanto espanhóis como estrangeiros pagam para fazer uma graduação, mestrado ou doutorado em uma universidade pública espanhola, embora os preços sejam mais acessíveis que numa particular.

Na verdade, antes da crise muita gente conseguia bolsas de estudo e não pagava pelo curso – o que não significa que ele seja gratuito, mas que aquela pessoa foi beneficiada com uma bolsa do governo, de alguma fundação ou empresa.  Depois que a crise começou, o número de bolsas de estudos caiu bastante e o valor dos cursos aumentou. Ou seja, a situação ficou bem complicada para muitos estudantes.

©PromoMadrid, author Max Alexander

©PromoMadrid, author Max Alexander

Então vamos à pergunta óbvia: quanto custa uma pós na Espanha? Ou a graduação?

Antes de tudo, queria ressaltar dois aspectos das universidades espanholas:

1- Aqui não existe o conceito de mensalidade com tal. Normalmente, as pessoas fazem o pagamento de um semestre de uma vez ou em algumas parcelas, mas não chegam a ser 12. No caso do máster de um ano, o pagamento é feito correspondente àquele ano inteiro e costuma ser feito em uma, duas ou até três vezes, mas isso pode variar de acordo com a universidade.

2- Os preços variam de acordo com o número de créditos que você fizer. Cada matéria tem um número de créditos, então você tem que somar quantos créditos vai fazer e multiplicar pelo preço do crédito. Mais à frente dou um exemplo para ficar mais claro.

Para um brasileiro de classe média, fazer uma pós aqui pode custar caro, especialmente atualmente quando o euro está caro. Além disso, você tem que incluir os gastos com passagens, moradia, alimentação, transporte, seguro-saúde… fica bem caro! Mas, dependendo do que você está disposto a investir, pode valer a pena.

Em Madrid é mais caro

Outra coisa importante. Desde 2015, a Comunidade de Madrid estabeleceu que alunos estrangeiros (que não são membros da UE) que não são residentes no país, ou seja, aqueles que vêm só para estudar, devem pagar o preço da quarta matrícula. Com isso, um brasileiro paga cerca de 3 ou 4x mais caro que um espanhol para fazer uma graduação ou paí.
A mudança é válida apenas para universidades públicas da Comunidade de Madrid, o que significa que vai rolar uma demandada de estudantes para outras regiões da Espanha. A lei pode ser lida aqui.

Afinal, quanto custa estudar na Espanha?

Vamos a uma simulação para vocês terem uma ideia, tendo como base a Universidade Complutense de Madrid e os preços para o curso 2018/2019, já que os valores do ano letivo 2018/2019 ainda não saíram (para entender o calendário escolar espanhol e os prazos de matrícula, leia esse post)

Graduação

Quem vai começar a fazer Jornalismo na Complutense esse ano vai pagar 21,39 euros por crédito se for a primeira matrícula  – ou seja, se você se matricular naquela matéria pela primeira vez. Cada matéria tem um número x de créditos e, no caso de jornalismo, cada semestre tem 30 créditos. Isso significa que o primeiro semestre custaria 641,70 euros, mais os gastos administrativos, que devem ficar entre 50 e 100 euros.

Os preços de cada crédito e a quantidade de créditos que o aluno deve fazer varia de acordo com cada curso, mas dá para consultar a lista completa para a Complutense aqui. No caso de Jornalismo, que são cinco anos durante os quais você tem que fazer 240 créditos, o valor total seria de 5.133 euros – sem contar as taxas administrativas.

É caro? Sim, e convertando para reais (fazendo uma conta rápida por 4,20 ) piora um pouco e fica em R$ 21.561. Mas se compararmos com o curso de Jornalismo do Mackenzie, por exemplo, que custa R$2.550 por mês, em quatro anos você vai pagar R$ 122.400! Ou seja, um ano de Mackenzie custa mais que graduação inteira na Complutense.

Com a nova lei:

Com a nova lei de Madrid, o valor do crédito na quarta matrícula é de 113,71 – é como se você tivesse repetido três vezes a matéria e estivesse fazendo a matrícula pela quarta vez! No total, os 240 créditos custam 27.290 euros que, multiplicando por 4,20, custaria 114.619 reais. Isso significa que um brasileiro que não é residente paga 5 vezes mais que um espanhol, mas ainda assim o valor total do curso é mais barato que o do Mackenzie.

Mas, lembre-se: isso não acontece em todas as comunidades espanholas, por isso minha dica seria evitar a região se não quer/pode gastar tanto.

©PromoMadrid, author Max Alexander

©PromoMadrid, author Max Alexander

Pós-Graduação

No caso dos Másters, que possuem um ano de duração, o preço médio por crédito na Complutense é de 45,02 euros. No meu Máster, eram 40 créditos no total , o que significa que o Máster sai por 1.800 euros – sem os gastos administrativos, ou seja, cerca de 7,563 mil reais.

No Brasil, dependendo da área, os preços podem ser altos e a pós costuma ser de dois anos, ou seja, pode sair mais caro.

Eu particularmente, acho que um ano é bem pouco para um máster, mas pode ser uma boa oportunidade para viver em outro país, praticar outro idioma e conhecer uma cultura diferente.

Com a nova lei:

O preço da segunda matrícula é de 71,88€ e o da terceira e quarta matrícula é de 84,07 – ou seja, no caso do Máster o preço aumenta, mas não de maneira tão absurda quanto na graduação. Um máster de 40 créditos, como foi o meu, passaria a custar 3.362 euros – cerca de 14,1 mil reais.

O que levar em conta

Particularmente, acho que com a mudança, Madrid perdeu seu atrativo para os brasileiros que pensam em estudar na Espanha. Vale mais a pena ir à Catalunha, Valência ou outras regiões com boas universidades e preços mais baixos.

Além disso, nunca pense só no valor da universidade. Você também tem que planejar os gastos com o voo, hospedagem, alimentação e tudo que representa morar em outro país.

Não rola para você?

Se você ficou com vontade de vir estudar na Espanha, mas descobriu que é muito mais caro do que imaginava, há outras alternativas, que não são tão legais, mas pelo menos podem facilitar sua viagem. Uma das possibilidades é vir como um estudante do programa ver se a sua universidade no Brasil é parceira de alguma universidade espanhola que te permita fazer um intercâmbio e, além disso, sempre há bolsas de estudo com inscrições abertas. Você pode ler mais sobre bolsas na seção Estudar na Espanha.

Related Post

127 Comentários em Quanto custa fazer a faculdade ou uma pós na Espanha?

  1. Que coisa! Eu estava hoje mesmo pesquisando faculdades aqui, e o seu post me aparece haha. Eu já sabia sobre os créditos e tudo o mais… E não acho nada caro. Sempre que converso com espanhois eles dizem que acham caríssimo pagar uma faculdade, e eu fico perplexa, porque no Brasil os preços das particulares são um absurdo, mal sabem eles! rs. Meu namorado mesmo pagava 720 por mês COM DESCONTO! Levando em conta o salário mínimo (e sem converter pra real claro, gosto de me basear no poder de compra equivalente de cada um), estudar na Espanha é bem barato (pro espanhol). Pro brasileiro que vem com real, lógico que fica mais caro, mas acho que vale a pena levando em conta o investimento altíssimo (e muitas vezes até bem mais caro) que fazemos no Brasil.

    • Bree, realmente comparando com uma particular, o custo da faculdade na Espanha é baixo, o problema é todo o resto. O problema é com a crise muita gente ficou sem grana para pagar, mesmo sendo relativamente baixo. E se você repete uma matéria, aí fica bem caro. Além disso, é importante sempre ver se a faculdade é boa, porque assim como no Brasil, aqui tb tem muita faculdade ruim. Vc vai estudar por aí?

      • É verdade. Às vezes fico ansiosa com o assunto e esqueço de olhar o outro lado da moeda. E também no Brasil existem diversas possibilidades de financiamento, o que não tem aqui. E lá também temos a opção da faculdade completamente grátis, aqui é ou paga ou paga. Pretendo estudar por aqui sim, estou de olho nas opções 🙂

    • Roberto Fernandes // 26/09/2017 em 12:42 am // Responder

      Estou indo morar na Catalunha junto com meus filhos que já estão lá, portanto não terei problemas de moradia e transporte. Minha esposa está indo comigo e pretende fazer uma faculdade de matemática de preferência gratuita, qual a melhor opção?

      Grato

      Roberto Fernandes

      • Oi, Roberto. Conforme explico no post, as universidades da Espanha (incluindo as da Catalunha) são sempre pagas, mesmo que sejam públicas. As públicas são mais baratas, mas também são pagas. Abs!

    • Maiara Del Pino // 29/06/2018 em 3:05 pm // Responder

      Olá vc poderia me sugerir Faculdades para pos graduação , mestrado na área de Cinema em Madrid? As faculdades que pesquisei são caríssimas . obrigada

  2. Olá, Larissa. Gosto muito dos eu blog, parabéns por ele! Há menos de 15 dias me mudei para Madrid justamente para iniciar meus estudos universitários e ele têm me ajudado bastante, porém queria fazer uma ressalva: o valor do crédito, no caso da graduação varia entre o primeiro e o último ano do curso, dessa forma, o valor a ser pago vai ficando mais alto com o passar dos anos.

    • Oi, Letícia! Obrigada e seja super bem-vinda!Espero que você aproveite muito. Consultei os amigos espanhóis e o que eles me explicaram é que o valor do crédito é o mesmo para quem está no primeiro ou no último ano. O que acontece é que todo ano costuma ter aumento no valor do crédito, assim como as mensalidades costumam aumentar todos os anos no Brasil. Além disso, fica bem mais caro se você repete e, é claro, vai ficar mais caro se você tiver que fazer mais créditos no final do que no começo. Um abraço!

    • oi, Leticia! tudo bom? Desculpa ser entrona, mas tava super a fim de cursar minha graduação na Espanha. Aonde vc vai estudar? Tem cidadania? Se não, qual visto você pegou? Como ta sendo o ano? hahah

  3. Olá Larissa. Primeiramente parabéns pelo trabalho feito no blog. Minha esposa e eu estamos aguardando nosso passaporte italiano para irmos para Europa. Estamos procurando um país para cursas medicina, e gostariamos de fazer numa Universidade Pública na Espanha. Gostaria de saber se neste caso, sendo cidadão europeu (cidadania italiana), teríamos que fazer o PAU ou algum tipo de vestibular? Nós já temos graduação aqui no Brasil e pós. Se possível, me encaminhe por e-mail a resposta. Muito obrigado e aguardo ansiosamente a resposta. Um Forte abraço!

  4. Olá Larissa!!

    Sou graduado em Engenharia Mecânica no brasil e estava cogitando a idéia de fazer uma pós em economia na Espanha, porém tenho cidadania européia (Italiana). O valor dessa pós seria os 2340 euros que você^comentou?
    Qual é a carga horária da pós? É possível manter um emprego e estudar ao mesmo tempo ou fica muito puxado?

    Muito obrigado

    Att.

    • Frederico, se você tem cidadania italiana, você paga o mesmo preço que um espanhol, que no caso do meu máster era de 2,340 euros para esse ano. O valor vai variar de acordo com o número de créditos e a universidade (as particulares são bem mais caras). Não sei como funciona em economia, mas a pós que eu fiz tinha aula alguns dias de manhã e outros à tarde, então era quase impossível trabalhar. Além disso, vai depender da quantidade de trabalhos e leituras, essas coisas. Eu diria para vir com grana suficiente para ficar sem trabalhar, para não ter surpresas depois. De nada!

  5. Primeiro, parabéns pelo blog, é excelente. Segundo, me interessei por um curso de ”experto” em mediação. É um curso de cerca de dois meses, com aulas 3 vezes por semana. Parece-me que seria algo semelhante a uma especialização, no Brasil, correto? Pergunto se para este tipo de curso a burocracia é idêntica ao da graduação ou do mestrado? O meu visto seria também necessariamente de estudante, correto? O curso inicia em meados de fevereiro. Será que é difícil conseguir arranjar tudo até lá?

    • Arnaldo, se o curso é de dois meses, você não precisa de visto de estudante, já que você pode ficar até 90 dias no país. Um curso desse tipo é um curso livre. A única coisa que vc precisa é que eles te mandem os documentos do curso e você apresente no controle policial aqui no aeroporto (caso te peçam) todos os documentos que são exigidos dos brasileiros, como passagem de retorno, seguro-saúd, etc.

  6. Yasmin van coolwijk // 15/11/2015 em 12:49 pm // Responder

    Olá! Meu nome é yasmin! Faz 3 dias que cheguei em madrid. Vim para cá para tentar estudar em uma universidade. Tenho cidadania européia (holandesa). No Brasil eu estudava artes visuais nas belas artes mas poor causa da crise tive que parar porque não pude mais pagar e a faculdade cancelou todos os programas de bolsa que existiam.Vim para cá para continuar meus estudos e queria saber como eu faria aqui. Se eu prestaria um vestibular para o curso, faria uma entrevista, apresentaria meus trabalhos para ser avaliada, não sei mesmo, queria, se possível, uma orientação, grata pela atenção

  7. olá você poderia me informar como é denominado em espanhol o curso bacharelado ! por exemplo aqui no Brasil Bacharel em comunicação social !!

  8. Oi larissa!
    Eu tava querendo aplicar pra medicina na universidade de barcelona, mas to bem perdida, se você quiser me dar uma luz serei super agradecida,
    Mega obrigada desdejá 🙂

    • Oi, Raiza! Não sei a que tipo de dicas você se refere. Aqui no blog tem vários posts sobre estudos na Espanha, provavelmente você encontrará o que está procurando neles, mas se não encontrar, me mande a pergunta específica do que você precisa e eu tento ajudar. Um abraço!

  9. Olá, Larissa. Meu nome é Leonardo, pretendo em janeiro de 2016 ir estudar espanhol para ingressar na univercidade autónoma de Madri. Eu quero fazer “LENGUAS MODERNAS, CULTURA Y COMUNICACIÓN” pois gostei muito do curso. Essa faculdade é boa? Mais uma duvida. Tenho que pedir o visto para ingressar antes ou depois de ser aceito? Um abraço

  10. Larissa, como funciona o pagamento de um mestrado? Pagamos todos os créditos de uma vez (o meu terá cerca de 60)? Pergunto porque em julho estarei em processo para retirar meu cartão de residente comunitário e quando fizer a matrícula na universidade queria, em caso de ainda não ter o cartão, pagar só uma parte até que saia o visto de residente.

    • Oi, Ariana. Acho que depende um pouco da universidade. No meu caso, na Complutense, havia a possibilidade de pagar em 3x: uma em outubro, outra em dezembro e a última em fevereiro. Boa sorte!

  11. Olá, Larissa.
    Primeiramente, parabéns pelo post, ele ajudou muito.
    Sou Brasileiro, não tenho dupla nacionalidade, pretendo fazer faculdade e trabalhar na Espanha, tem algum dica? Será que consigo trabalhar e estudar, sou formado em Técnico de enfermagem, consigo ir como turista e conseguir um emprego la?
    Desde já obrigado.

  12. Karyne Nogueira // 04/02/2016 em 7:28 pm // Responder

    Hello, Larrisa.
    Primeiramente, parabéns não só pelo post, mas pelo o blog inteiroooo! Acredite, ele é muitíssimo útil.
    Ganhei um bolsa de estudo e vou para Madrid em setembro deste ano. Sou estudante de jornalismo e gostaria de estudar na Complutense. Queria saber se existe um valor de crédito minimo e como é feito o pagamento (à vista ou cartão)?
    Tenho outra dúvida mas que não tem haver muito com este post rsrs Para estudar na Complutense tem que ter algum tipo de certificado de proficiência?
    Gracias 🙂

    • Oi, Karyne! Fico feliz que o blog esteja te ajudando. Se vc se refere ao preço por crédito, no caso de jornalismo, o valor para estrangeiros na Complutense é de 113,71 euros por crédito e o primeiro semestre de jornalismo tem 30 créditos (o link com os valores está nesse próprio post). Para efetuar o pagamento, eles te dão um boleto e você vai até o banco e paga em dinheiro, ou seja, à vista. Na época em que eu entrei na Complutense, eles exigiam o DELE (Diploma de Español como Lengua Extranjera), mas parece que isso mudou e que já não é exigido nenhum certificado – no site da Complu não consta nada sobre isso. O melhor seria entrar em ctto com eles ou com o órgão que te deu a bolsa e perguntar.

  13. Mariana Tavares // 10/02/2016 em 2:46 pm // Responder

    Larissa, eu ajudo a pagar a faculdade de minha sobrinha em Madri. ela mora lá já faz 12 anos e tem cidadania espannhola. Agora que li seu post me veio algumas dúvidas. Ela estuda na Universidad Europea de Madri (Villaviciosa de Odón) e faz Psicologia. Eu mando 600 euros por mes e ela diz que é a metade do valor da mensalidade. Agora que vi que pagamos por semestre. Tem como você me explicar?

  14. Oi Querida! Amei seu blog! o melhor até agora hehehe. estou indo de férias pra Espanha, minha mãe mora lá. eu fiz o ensino médio lá faz um tempo mas fiz minha graduação aqui. Fiz inscrição na Fundacíon Carolina para beca, vamos ver que que dá. Mas estou pensando na possibilidade de começar uma nova graduação na Espanha. sabe me dizer como faço para entrar em contato com a universidade e fazer com que ele queiram a minha pessoa lá??? rsrsrs, mesmo na graduação quero tentar alguma bolsa, sabe me dizer alguma coisa sobre isso? Parabéns pelo trabalho!

    • Oi, Aline! Normalmente, o que você tem que fazer é entrar no site da universidade e ver quais são as exigências. A maioria delas permite se inscrever no processo seletivo pelo próprio site. Sobre bolsas de estudos, cada universidade tem seus programas (ou não tem nenhum). Você teria que entrar no site da universidade que te interessa para saber. Não sei se você viu, mas atualmente a Universidad de Jaén está com bolsas de estudos para graduação (é o último post aqui do blog). Um abraço!

  15. eu não entendi assim a parte de não residente ? que não mora na Espanha pode me explicar melhor

    agradeço!

    • Brenda, um brasileiro não residente é aquele está ilegamente ou com um visto de estudante. Já os brasileiros que tem um visto de trabalho ou porque são casados com alguém da UE são considerados residentes! 😉

  16. Oi Larissa, seu blog é fantástico!!!

    pretendo cursar o doutorado pleno na espanha…há possibilidades de conseguir bolsas por lá?

    Abraços.

    • Romero, desde o início da crise, as bolsas para estudantes caíram mto, especialmente pra estrangeiros. O melhor é consultar com frequência o site do ministério de educação espanhol e ficar de olho em sites como a Universia, onde sempre rolam informações sobre isso. Atualmente, a Fundación Carolina está com algumas vagas e acho que inclui doutorado. Abs!

  17. Olá, no caso de nao conseguir se graduar em 4 anos, é possível uma próroga? Se sim, de quanto tempo?
    Obrigada

    • Oi, Daniela. Sim, aqui é relativamente comum repetir alguma matéria e se pode repetir no máximo 3 vezes uma mesma matéria… caso isso acontecesse, você demoraria o dobro de tempo para se formar. Agora, o que eu não sei é quanto tempo você pode deixar a matrícula trancada.Abs!

  18. Oi larissa parbéns pelo blog!
    Tenho uma pergunta, sou formado aqui no Brasil e tenho dupla cidadania européia, consigo fazer o Master sem problemas ai nas universidades da Espanha sendo que fiz faculdade aqui no Brasil?
    Com um diploma em maos é muito mais facil arranjar emprego na áera ai certo??
    Obrigado!
    bjs

    • Oi, Rafael. Independente de ter nacionalidade europeia, se você fez a graduação no Brasil, você vai ter que fazer os mesmos trâmites que um brasileiro, porque o que conta é o diploma, não a sua nacionalidade. Aqui você encontra o passo-a-passo: https://www.estoesmadridmadrid.com/2015/09/30/estudar-na-espanha-passo-a-passo/ A única coisa que você não precisa fazer é o processo do visto. Em relação ao diploma, claro que ajuda, mas depende muito da área e em algumas áreas você tem que homologar o diploma. Um abraço!

  19. Gustavo Barbosa // 15/04/2016 em 4:03 pm // Responder

    Bom dia Larissa, otimo Blog!

    Tenho uma duvida, pretendo fazer Master em Economia y finanzas em madrid no semestre que vem, contudo so terei disponibilidade para fazer as aulas segunda a quarta feira. O Master que selecionei tem aulas segunda quarta e sexta feira. A minha duvida é, voce sabe me dizer se eu posso montar as minhas materias para que so tenha aulas as segunda e quartas? Sei que isso prolongara meu curso em quase o dobro do tempo mas infelizmente e a unica maneira de eu faze-lo.

    Outra duvida, terei de pagar pelo curso todo logo no inicio correto? independente do tempo que concluirei o curso?

    Obrigado!!
    Gustavo

    • Gustavo. Você teria que se matricular só nas aulas que pode fazer e pagar por elas. Aí no ano seguinte você se matricularia nas outras. Você paga sempre no início do ano letivo pelos créditos da matéria que vai fazer naquele ano. Abs

  20. Eduardo Romariz de Melo // 23/04/2016 em 9:15 pm // Responder

    Oi Larissa.
    Meu filho gostaria de cursar medicina na Espanha. Além dos custos do curso, qual o valor que teria que ser disponibilizado por mês, para ele se manter. Me refiro a alimentação, translado interno, moradia, etc. Sei que vai depender de algumas variáveis (local, nível de moradia, etc.), poderia me informar um valor médio

  21. Boa noite, se eu tiver dupla nacionalidade espanhola e brasileira e optar por fazer a graduação na Espanha, como ficaria essa questão de pagamento numa universidade pública?

    • Você pode escolher usar os documentos espanhóis e pagar como uma espanhola. Lembrando que é só em Madrid que está custando mais caro para estrangeiros, já que no resto das regiões o preço é o mesmo para estrangeiros e espanhóis.

  22. Ola tudo bem, entre graduação, documentcacao, vistos, etc hoje em dia voce acha que pra começo de historia gastaria quanto mais ou menos? Sei que é algo muito relativo, mas sera que poderia me ajudar? preços para graduação, sem contar moradia.por exemplo para um curso de psicologia ou algo como economia, businness.

    Obrigado

    • Oi, Carlos! Com documentos, você deve gastar pelo menos uns 500 reais. Com a graduação, vai depender da universidade, mas no exemplo que eu dei, sairia por uns 24 mil reais por ano (levando em conta a cotação de 4 reais/euro). Abs

  23. Ola Larissa, tudo bem?
    Olha só minha filha está no ensino médio aqui no Brasil e estamos iniciando uma pesquisa para faculdade de medicina e uma das opções seria na Espanha na faculdade de medicina de Granada. Temos a cidadania espanhola como ficaria em termos de investimento/ custos (idem cidadão espanhol)? Vc poderia me ajudar como inicio as minhas pesquisas em relação a vestibular e outras exigências …. há alojamento nos campos?
    Muito grata.

  24. Olá Larissa tudo bem? Achei o site agora e estou achando interessante. Queria uma opinião sua a respeito de uma situação: minha família está se mudando para a Espanha ano que vem, sou estudante de economia(2° ano) numa federal aqui do Brasil e tenho cidadania italiana. Você acha que é mais viável concluir o curso aqui no Brasil e depois ir formado, continuar a graduação na Espanha tentando uma transferência ou começar do zero lá? Visto que de fato a UFSC aqui é de graça, mas a qualidade de vida da Espanha é muito superior.

    Desde já agradeço

    • Oi, Patricio. Puxa, não tenho nem ideia porque não passei por isso e não sei se é difícil/burocrático pedir transferência. Acho que o mais recomendado seria entrar no site da universidade que te interessa para ver costuma ter vagas abertas no meio do curso e se o programa parece com o seu para ver se vale a pena convalidar esses 2 anos que você já fez. Infelizmente não posso te ajudar muito mais… boa sorte!

  25. Boa noite, li bastante sobre o que você escreveu mas percebi que em tudo você coloca mais a dificuldade do que a facilidade. Meu marido morou 6 anos em Madrid, voltou e agora estamos nos programando pra ir novamente mas com a negatividade de suas informações não visitarei mais.

    • Oi, Margareth! Se o seu marido morou 6 anos aqui, com certeza ele conhece bastante a cidade e tem sua própria opinião. Não sou negativa em relação a Madrid, tanto que decidi ficar aqui e tenho esse blog, que é uma declaração de amor à cidade e um convite para que os brasileiros venham conhecê-la; só que também não posso deixar de comentar os problemas e desafios que encontrei aqui. Madrid merece, e muito, a visita!

  26. olá, estou me formando em engenharia civil e ano que vem gostaria de começar um mestrado na espanha, você teria alguma faculdade pra me indicar, ou alguma agencia que faça o meio de campo?

    obrigada e ótimo post

  27. Sou espanhola nascida do Brasil e estava pensando em fazer faculdade lá. Sei que vou pagar o valor para espanhóis, mas como é o ingresso na faculdade, já que tenho o Ensino Médio do Brasil? Há algum tipo de teste ou são as notas que são válidas?

  28. Lucas Cossengue // 20/10/2016 em 1:26 pm // Responder

    Amei!
    Eu serei formado em Espanhã sem dúvidas

  29. Oi Larissa, eu estava querendo fazer uma pós em administração na Espanha de um ano, eu estava procurando uma que fosse com um preço bem acessível e com um grau de dificuldade baixo, quero morar na Espanha por um ano para conseguir minha cidadania espanhola e pensei em aproveitar e fazer uma pós, pode ser qualquer cidade… Tem alguma dica? Obrigado

  30. Quantos seria,pra quem for fazer psicologia ?

    • Oi, Fernanda! Os preços variam de acordo com a universidade. VocÊ tem que entrar no site da universidade, ver quantos créditos são o curso e multiplicar pelo valor do crédito.

  31. Monica Mesquita // 12/12/2016 em 6:54 pm // Responder

    Olá, eu sou estudante de engenharia de produção aqui no Brasil, sabe me dizer se existe essa engenharia na Espanha e se caso for negativo, qual seria as engenharias na Espanha?

  32. olá gostaria de saber como faço para me informar sobre os créditos do mestrado em nutriçao.

  33. oi larissa, to pensando em fazer medicina na espanha, tenho cidadania já, mas queria saber mais ou menos como funciona

  34. Olá Larissa..

    Parabéns pelo blog!!!

    Uma perguntinha: O Master Oficial realizado na Espanha, equivale ao nosso mestrado Strictu Sensu, realizado aqui no Brasil??? Conhece alguém que já tenha conseguido revalidar no BR algum master feito na Espanha em especial na área de gestão?

    Preciso muito desta informação para tomar minha decisão e embarcar..

    Obrigado!!!

    • Oi, Cleverson. Acredito que sim, mas não conheço quem tenha revalidado. O melhor é consultar o Ministério da Educação brasileiro para confirmar. Abs

  35. jerri messias ferreira // 27/12/2016 em 12:18 am // Responder

    Larissa boa noite eu morei na espanha cinco anos, estou no brasil cursando historia vou começa o 5 periodo eu quero fazer uma pos graduaçao em barcelona eu nao entendi muito bem a pos graduação e equivalente ao master na espanha responde no email obrigado

    • Oi, Jerri. Uma pessoa que conheço convalidou seu máster espanhol como um mestrado no Brasil. É importante conferir também se o máster é oficial ou não e a carga horária. Abs!

  36. Olá Larissa, gostaria que me tirasse uma dúvida, pretendo ir pra Espanha com residência (espanhola) e cursar medicina, porém não sei quais sãos as melhores universidades pra este curso na Espanha e se as particulares pelo valor dos créditos possam ser melhores do que as públicas. Gostaria que me desse uma luz. Desde já,obrigado.

  37. Oi, Larissa!
    Pesquisando aqui sobre espanhol acabei achando o seu blog… E, olha, está de parabéns!
    Também sou jornalista, já formada, e venho pesquisando sobre pós ou máster no exterior. Ainda não cogito a Espanha, pelo fato de não falar espanhol, mas informação nunca é demais, não é? Tenho paixão por linguística, mas todos os cursos relacionados que vi na Europa são caros demais para um não-europeu.
    Você poderia falar um pouco do que acha de nossa área aí? Como são os estudos? Mercado de trabalho?

    Beijos!

  38. Paulo Tarso Ramos // 26/01/2017 em 8:19 pm // Responder

    Olá. Gostaria de fazer um Doutorado em Direito na Espanha. Pode me ajudar com algumas Universidades?! Sabe dizer se tem algum programa de aulas semestralmente, por ex. a cada 6 meses passa 15 dias lá?! Desde já agradeço a atenção.

  39. ALCIDES GALDINO // 03/03/2017 em 6:54 am // Responder

    CARA LARISSA
    Poderia me informar como fazer um Mestrado Em Engenharia Civil na Espanha? As exigência? Os custos aproximadamente? Tempo de Duração? Preço aproximado de despesas básicas.
    Agradeço, antecipadamente.

    • Oi, Alcides! Você encontra as respostas para essas perguntas aqui: https://www.estoesmadridmadrid.com/2016/09/23/tudo-sobre-estudar-na-espanha/ Espero ter ajudado. Abs

      • ALCIDES GALDINO // 06/03/2017 em 1:30 am // Responder

        Cara Larissa.Pelo visto estudar Pós Gaduação em Engenhria em Madrid não dá: é a capital do País,A Espanha também tem sua crise, tem leis especiais para este caso e dificulta a situação do Estrangeiro. Talvez eu outras regiões da Espanha, seja melhor. Se souber me avise.
        Agradeço, antecipadamente.

        • Alcides, até onde sei, na maioria das comunidades o preço é o mesmo para espanhóis e estrangeiros, por isso realmente vale mais a pena fazer a pós fora de Madrid.

          • ALCIDES GALDINO // 24/03/2017 em 1:30 pm //

            CARA LARISSA. Pelo seu Blog e através de outras informações descobri que o Brasil só tem 02(duas) Universidades no Brasil(U.Federal do Rio de Janeiro e U.Federal de Pelotas-RS) conveniadas com o Governo Espanhol, enquanto os demais países sulamericanos de língua espanhola têm uma grande quantidade de Universidade/Faculdades conveniadas. A falta ou ampliação deste convênio, deve dificultar o reconhecimento de Cursos superiores feito no Brasil na Espanha. Quais os procedimentos para o reconhecimento na ESPANHA de um Curso de Engenharia feito no Brasil, que não tenha sido feito nas duas(únicas) Universidade Brasileiras conveniadas acima citada. Agradeço antencipadamente.

  40. Olá. Minha filha brasileira quer fazer medicina na Espanha. Pesquisei na internet e li comentário sobre a atual dispensa do PAU e seletividad, podendo usar o histórico escolar do ensino médio. Seria uma coisa nova. Vc poderia confirmar esta info e trazer mais detalhes?
    Att,
    Adilson

    • Oi, Adilson. Infelizmente, a coisa está em um limbo. Realmente a PAU deixou de ser obrigatória, mas o governo ainda não deu as diretrizes para que as universidades tenham outra forma de seleção e acesso. Recomendo checar o site da universidade que interessa sua filha para ver como funciona naquela universidade específica. Abs

  41. Quais são as regras para brasileiro que possui a cidadania italiana?

  42. Parabéns pelo conteúdo, Larissa! Contudo, vc poderia elucidar melhor a questão da segunda, terceira e quarta matrículas?

    Num mestrado de dois anos, a 2ª matrícula se daria especificamente no 3º semestre (o do 2º ano mesmo)? Tal como a 3ª matrícula ocorreria no 3º ano de um bacharelado?

    Perdoe se for algo simples, de fato não compreendi bem essa parte.

    Obrigado.

    • Oi, Gedeon. Realmente esse lance de primeira, segunda, terceira matrícula é meio complicado mesmo. Funciona assim: se você se matricula pela primeira vez em uma matéria (independente do ano escolar em que você estiver), você paga pela primeira matrícula. Se você repetir essa matéria e for fazer de novo, você paga pela segunda matrícula. Se repetir de novo, paga pela terceira. Aparentemente esse lance de repetir matéria é comum por aqui. O que acontece nas universidades públicas de Madrid é que os estrangeiros pagam pela 4ª matrícula nas matérias de graduação mesmo que nunca tenham repetido. Foi uma maneira que as universidades encontraram para ganhar dinheiro em um momento de crise, infelizmente. Um abraço!

  43. Gedeon, matéria muito bem escalrecida e de grande valia para quem esta afim de ir pra UE… Por gentileza, tenho vontade de estudar na espanha, aroveitando para ficar um pouco mais que um intercâmbio, sabe se é muito complicado ficar na Espanha fazendo cursos e trabalhando (afim de ajudar na renda para mais cursos), ou quais informações devo me preocupar mais?

  44. Andressa peroba // 08/10/2017 em 12:59 pm // Responder

    Gostaria muito de saber quanto gastaria em pra fazer uma faculdade de medicina na Espanha ,já tendo lugar pra ficar lá ,valor em real do Brasil

    • Oi, Andressa.. tudo vai depender da faculdade. No próprio post, eu explico como fazer as contas de acordo com o valor do crédito da universidade que você planejar cursar.

  45. Ola Larissa…

    Queria saber se e facil eu entrar para estudar medicina em madrid pois tenho dupla nacionalidade espanhola ….
    Pode ser e univer publica ou particular

    • Oi, Arthur. Você se refere ao preço ou ao acesso. O preço, como expliquei nesse post, é diferente aqui em Madrid para quem tem a nacionalidade. Já a forma de acesso depende de onde você estudou e não da sua nacionalidade. Nesse caso, se você estudou no Brasil, sua forma de acesso é como estudante estrangeiro.

  46. 20 mil reais para um curso inteiro ?? Isso é de graça !!! E eu que estava com receio, achando que a faculdade seria cara para os meus dois filhos…temos a cidadania espanhola…então ficaria na média 40 mil para os dois…muito barato comparando com o Brasil.

    Abs e obrigado pelo tópico esclarecedor

  47. MARCIA CHRISTINO MACEDO // 02/11/2017 em 7:20 pm // Responder

    Olá, vendo seu Post, gostaria de informações sobre como posso fazer mestrado na area da enfermagem, sou enfermeira formada há mais de 12 anos e gostaria de fazer mestrado na areaa da saude ou especificamente na enfermgem, sou enfermeira de UTI. origda, aguardo sua resposta.

  48. Olá Larissa quero fazer enfermagem gostaria de saber quanto que e como funciona as universidades e como e a forma de pagamento por favor aguarda a resposta gracias❤

    • Oi, Mykelle! NEsse próprio post você encontra as respostas para essas perguntas. Quanto ao pagamento, cada universidade terá seu método. Você deve entrar no site das universidades que te interessam para ver. Abs!

  49. Olá,
    quero continuar meus estudos na Espanha, já tenho até moradia, mas meu espanhol não é tão bom. Gostaria de saber se tem alguma faculdade bilingue?

  50. Olá! Estou me mudando para a Espanha, já fiz uns semestres de engenharia . Consigo transferir para uma faculdade pública na Espanha ? Sabe me dizer se só posso transferir para uma particular . Estudo em uma faculdade particular. Já falo espanhol fluentemente e inglês . Obrigada

    • Oi, Juliana. Você consegue transferir tanto para pública quanto para privada desde que haja vagas abertas (e você seja admitida). A questão é que muitas matérias podem ser diferentes, então você teria que validar o que já fez e isso pode ser burocrático e cara. Recomendo entrar em contato com a universidade que te interessa para saber como funciona e avaliar se vale a pena. Acho que se você fez só um ou dois semestres, pode valer mais a pena começar do zero. Um abraço!

  51. mateus Carvalho // 24/04/2018 em 7:09 pm // Responder

    Boa Tarde! Quero fazer uma pós graducao em arquitetura na Espanha,nao decidi o lugar e a faculdade ainda,você sabe me informar os valores de pós graduacoes ai na espanha?

  52. Olá, sou graduando do curso de economia. Existe alguma possibilidade de transferência para alguma faculdade na Espanha? Você sabe explicar quais os meios a serem seguidos? Obrigado desde já!

    • Oi, Diego. Não sei como funciona exatamente o processo de transferência, mas acredito que cada universidade tenho o seu. Recomendo que entre no site da universidade que te interessa para se informar sobre isso. Um abraço!

  53. Olá Larissa. Como vai? Fazer a pós graduação na área de Direito em Madrid, fica muito caro? Eu tenho esses planos para minha vida. Obrigada.

    • Oi, Jenifer. No próprio post você vai encontrar dicas para calcular o preço de uma pós, já que os preços variam muito de acordo com a universidade. O primeiro passo é consultar a universidade que te interessa. Abs

  54. Olá, caso eu faça um grado ou master na espanha, tenho direito de trabalhar após completar meus estudos? Ganho alguma extensão de visto para procurar emprego? O mesmo vale para grado e master? Obrigado!

  55. Boa tarde, Larissa! Bem interessante a sua matéria.
    Eu fiz mestrado em economia na UFRJ, mas assim que terminei acabei me afastando da vida acadêmica por conta do trabalho. Agora, depois de 5 anos, pretendo voltar e meu objetivo é fazer um doutorado fora do país. No meu plano inicial minhas preferências eram algumas universidades inglesas, porém, são muito caras (cerca de R$ 100 mil por ano), o que torna inviável pra mim caso não consiga uma bolsa. Comecei a pesquisar ideias alternativas e gostei bastante da ideia de fazer esse doutorado em economia na Espanha ou em Portugal, que parecem ter preços mais acessíveis. Você tem ideia de quanto seria o custo por ano de um doutorado em economia por aí? Sabe como é o processo seletivo para entrar?
    Obrigado

  56. Sou Amir Afai, sou Mocambicano, Telho nivel de Mestrado em Gestao de Desenvolvimento, e Gostaria de Fazer Doutoramente em Economia e Governo na Universidade de Barcelona a distancia. Gostaria de saber como fazer e quanto custa? Gostaria de Saber se a Universidade nao pode me dar uma carta de aceitacao para eu tentar concorrer bolsa de estudos aqui no meu pais.

  57. Olá! eu não entendi muito bem com relação ao valor! estou procurando na universidad politécnica de madrid para o curso de arquitetura e ta com esse valor de 84 euros por crédito e o mestrado tem 60 créditos. Então todo o meu mestrado sairia pelo valor de 5.040 euros não é isso? O que não entendi bem foi a relação com essas mátriculas que eles apresentam como 04.

    • Oi, Amanda. Na verdade, você tem que ver qual é o valor do crédito pela quarta matrícula e matricular por 84 euros. Essa quarta matrícula é uma coisa meio complicada mesmo, rs! Na verdade, se um aluno espanhol repete uma matéria, ele paga mais para voltar a fazê-la. O valor é diferente para a primeira, segunda, terceira e quarta matrícula (no caso da quarta, ele teria que ter repetido três vezes a matéria). A questão é que, nas universidades públicas da Comunidade de Madrid, estudantes brasileiros pagam o valor da quarta matrícula mesmo se matriculando pela primeira vez.

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. As melhores universidades da Espanha em 2016 -

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.