La Granja de San Ildefonso, passeio bate e volta saindo de Madrid

Os últimos meses foram complicados por conta da pandemia também quando o assunto é viagem, mas aproveitamos para conhecer lugares próximo onde eu ainda não havia estado, como é o caso da Granja de San Ildefonso, uma cidadezinha ao lado de Segóvia que se destaca por abrigar uma Palácio Real e uns jardins enormes e super bonitos que valem a visita.

Devido à sua proximidade com Segóvia, muita gente acaba combinando um passeio pelas duas cidades no mesmo dia, mas como eu já tinha ido a Segóvia algumas vezes (e contei tudo neste post), decidimos tirar o dia para passear sem pressa pela cidade vizinha.

O quer ver em La Granja de San Ildefonso?

Os dois grandes destaques ficam para o Palácio Real e os jardins. O Palácio é enorme e tem uma fachada que chama a atenção. Foi construído no século XVIII durante o reinado de Felipe V, primeiro Bourbon que reinou na Espanha.

Fachada do Palácio Real

Como ele havia crescido na corte francesa, decidiu replicar aqui o estilo francês. Por isso, é conhecido como o Palácio de Versalhes espanhol.

Apesar da fachada chamativa, o interior não chega perto da pomposidade do francês. Suas salas abrigam pinturas, tapetes, móveis e objetos da época, bustos, etc.

Interior do palácio

É uma visita interessante, mas que não definiria como obrigatória e os ingressos são um pouco caros: 9€ por pessoa. Há também a opção de fazer a visita guiada oficial, que custa 13€ por pessoa. Nos dois casos, há descontos para crianças, estudantes e idosos; além de ser gratuita para pessoas com deficiência.

Jardins da Granja de San Ildefonso

O mais bacana desse passeio é caminhar pelos amplos jardins, que têm acesso gratuito, exceto na temporada das fontes, que explico mais abaixo. O traçado dos jardins foi feito pelo arquiteto francês René Carlier. Além de respirar ar puro, essa área conta com estátuas e grandes fontes.

Graças à abundância de água que desce das montanhas dos arredores, as fontes oferecem jogos de água que são o principal atrativo para os turistas e em uma delas a água chega a alcançar os 40 metros de altura!

Por estar em uma região serrana, a cidade de La Granja tem um clima mais ameno que Madrid, além de oferecer belas vistas. No inverno, o cenário fica ainda mais incrível, já que as montanhas costumam estar cobertas de neve.

Vista dos jardins

Se você gostaria de conhecer mais detalhes dos jardins, é possível reservar um free tour.

Fontes de La Granja de San Ildefonso – Temporada 2022

Em todos os sábados de agosto (com exceção do dia 27), haverá espetáculo noturno das fontes às 22:00 horas e, no dia 25, haverá um espetáculo extraordinário às 17:30 horas.

Os espetáculos diurnos custam 4€ e o noturno, 2€. Você pode adquirir os ingressos no site oficial, que também detalha os dias e horários das apresentações e que fontes funcionam. Nesses dias, o acesso aos jardins será gratuito até as 15:00 horas, quando o espaço será evacuado para depois entrarem apenas aqueles com ingresso.

Como ir a La Granja de San Ildefonso?

O mais prático é ir de carro, mas se você for de transporte público, a maneira mais simples e barata é pegar um ônibus da estação de Moncloa até Segóvia (cerca de 1h15) e, chegando lá, pegar um outro ônibus até La Granja.

É possível ir de trem até Segóvia (o AVE é caro, mas demora cerca de 30 minutos), mas o problema é que chegando lá você teria que ir da estação de trem até a estação de ônibus para pegar o ônibus que leva a La Granja.

Da estação de ônibus de Segóvia também é possível pegar um táxi até La Granja, que custará cerca de 15€.

2 Comentários em La Granja de San Ildefonso, passeio bate e volta saindo de Madrid

  1. Antonio Carlos Rodriguez Sierra // 15/08/2022 em 3:38 am // Responder

    Boa noite.
    Excelente o seu trabalho.Ja estive em La Granja e tive problemas na volta pois o ônibus para Segóvia não tem horário certo e atrasa muito. Não vi um serviço de táxi disponível. Bom, talvez eu devesse ter pedido o telefone dos taxistas de Segóvia e hoje em dia acredito que haja Uber. Se bem que é bem distante e pequeno . Não o Palácio e os Jardins, óbvio.

    • Oi, Antonio! Obrigada por compartilhar a dica. Não sei se lá é fácil achar Uber, já que não é tão comum em cidades menores, mas o táxi sempre é uma boa saída.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notice: Undefined variable: gdprcp_content in /customers/1/f/b/estoesmadridmadrid.com/httpd.www/wp-content/plugins/gdpr-cookies-pro/gdpr-cookies-pro.php on line 275