Um fim de semana em Madrid, do tradicional ao moderno

Madrid é uma cidade versátil. Apesar de ser uma das principais capitais europeias, ainda conserva um ar de cidade pequena e é inevitável encontrar algum conhecido na rua ou tropeçar num bar que bem poderia ser frequentado pelos meus avós na juventude (se eles tivessem morado aqui, claro!). Por outro lado, a programação cultural é bem animada e não param de surgir novos bares e restaurantes moderninhos, fazendo com que Madrid seja um ótimo destino tanto para quem procura algo tradicional quanto para os hipsters de plantão. 

Para aproveitar um final de semana completo na cidade, minha dica para quem vem de fora é se hospedar no centro. Há muitos hotéis em Madrid, com opções para todos os bolsos e também estilos, tanto aqueles mais tradicionais quanto hostels cheios de encanto, como o Bastardo, um albergue que oferece uma agenda cultural cheia de planos, um bar onde você encontra cervejas que eles mesmos fabricam e um restaurante. Tudo isso num só lugar!

Para começar o final de semana cheio de energia, aposte por um brunch! Em Madrid, há vários e com uma vantagem: eles vão até bem tarde (seguindo o espírito espanhol de fazer as refeições mais tarde do que estamos acostumados). Entre as opções que recomendo estão: La Carmencita, Abolea e Azoea Forus Barceló.

Se o tempo não estiver muito bom, visite as exposições do Espacio Fundación Telefónica, em plena Gran Vía. A entrada gratuita e sempre tem algo interessante rolando. Se o tempo estiver bom (especialmente na primavera e outono), o Jardim Botânico é uma ótima pedida. 

A fim de fazer compras? Além das muitas lojas que o centro da cidade oferece, em Madrid sempre tem alguma feirinha – mercadillo – acontecendo. O Mercado de Motores e o Mercado de Diseño são boas opções para quem está procurando roupas, acessórios e objetos de decoração mais exclusivos. 

Museo del Ferrocarril

Depois de um descanso, é hora de fechar esse sábado moderno com um jantar e algumas copas. A região da calle Ponzano tem bares e restaurantes de diferentes estilos. Se você procura algo mais tradicional, o Fide é uma delícia. Para jantar algo mais elaborado, o restaurante El Sainete é uma boa pedida! Agora se você quer mesmo é matar a fome com um hambúrguer bom de verdade, o Home Burguer ou o Juancho’s BBQ devem ser o seu destino.

Após um sábado cheio de atividades moderninhas, nada melhor que curtir um domingo bem tradicional. Para isso, corra ao bairro de La Latina para tomar o aperitivo em um dos seus muitos bares e, como um bom madrileño, vá de bar em bar até cansar! Se você preferir um plano mais pacato, muitos museus de Madrid têm entrada gratuita aos domingos, como o Museu Sorolla e o Cerralbo.

A próxima parada é o Rastro, maior mercado de rua de Madrid, onde você poderá encontrar desde um parafuso até um abajur, passando por fitas k7 e roupas usadas. 

Rastro no inverno

Se você tiver com fome, minha dica é ir ao Mercado de San Fernando, no bairro vizinho de Lavapiés. Lá, você encontra postos com diferentes tipos de comida e o clima costuma ser bem animado. Mas não espere nada muito elegante nem conforto! Se o clima estiver bom, você pode tomar o café em uma das terrazas da rua Argumosa – mas será preciso ter sorte para encontrar uma mesa!

Ainda tem fôlego para mais? Uma boa pedida é ver uma obra de teatro ou ir ao Cine Doré, a filmoteca madrileña onde os ingressos custam apenas 3€.

Depois desse final de semana eclético, qual versão de Madrid você prefere?

Fui presenteada com dinheiro para gastar pela Hotels.com, mas todas as opiniões publicadas aqui são minhas.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.