Curso de Espanhol em Madrid: experiência de uma leitora

Há alguns meses, recebi um email da Sheila, uma brasileira que tinha vindo fazer um curso de espanhol em Madrid e havia escolhido a cidade por conta do blog, o que me deixou muito feliz! Pedi que ela compartilhasse a experiência dela estudando em Madrid por uma temporada porque acho que pode ser interessante para quem ainda está em dúvida sobre onde estudar ou se vale a pena estudar espanhol na Espanha.

Além disso, a ideia é que o blog seja colaborativo. Por isso, sintam-se à vontade para compartilhar suas histórias, sejam elas positivas ou nem tanto. Caso você queira dividir algo, me mande para o meu email, disponível na seção de contato lá no cantinho inferior direito da home. Deixo com vocês o texto da Sheila! Muchas gracias, guapa!

“Hola! Meu nome é Sheila e tenho 23 anos, estudei em Madrid durante 2 meses no ano passado (out/Dez de 2015) e o blog me ajudou muito na escolha da cidade e também a me apaixonar mais ainda por Madrid.

sheeeeila-6

Desde pequena sonhava em aprender  espanhol, sempre gostei das músicas, novelas, atores, cantores, comida, cultura, enfim, TUDO!  Desde os meus  14 anos buscava informações em agências, fazia orçamentos, abri uma poupança, economizava, mas tinha um porém: mesmo amando espanhol, o mundo me fazia pensar que eu tinha que antes de mais nada estudar inglês.

Até que um dia decidi que iria fazer o que eu amava e me fazia feliz, comecei a estudar espanhol no CNA, a escola onde eu já havia estudado inglês, e em março/2015 decidi fazer orçamentos para algumas cidades, foram elas: Buenos Aires – ARG (Já conheço a cidade, então pensei que seria mais fácil voltar), Santiago – Chile, Cusco – Peru, Madrid, Salamanca e Barcelona – ESP. Os valores não mudavam muito em relação ao curso e acomodação, as mudanças eram referente à moeda local e ao preço da passagem aérea e isso me deixou bem confusa. Então, a partir desse momento, comecei a pesquisar tudo sobre as cidades citadas a cima e foi aí que conheci o blog.

blog

O que mais me deixava entusiasmada eram os posts que dão dicas do que fazer em Madrid em cada mês. Depois de ler quase todas essas postagens até aquele momento, decidi que seria Madrid a minha escolha.

Fechei a minha viagem na agência CI, fiquei em um apartamento estudantil a quinze minutos da escola escolhida, a ENFOREX. Cheguei a Madrid no dia 25 de outubro e por sorte descobri que iria morar com uma brasileira que, acreditem, morava a 15 minutos da minha casa do Brasil. Ela me ensinou várias coisas sobre intercâmbio e me passou segurança, porque é impossível não sentir medo quando se esta sozinha a mais de 8 mil quilômetros de casa.

Tive muita sorte desde o dia que cheguei, amei a escola, a cidade, o metrô, conheci muitas pessoas de vários países diferentes, falava do blog e sempre que iriamos sair para algum lugar eu buscava referências nele. Aproveitei tanto a cidade que em uma determinada semana dormi só 10 horas: íamos aos bares, parques, casas noturnas, museus, restaurantes, lojinhas dos “chinos”. Eu andava sozinha pela cidade sem medo, me sentia muito segura mesmo a noite, conheci muitos lugares acompanhada, mas também só, e me senti em paz andando pelas ruas de Madrid.

Eu poderia passar horas aqui escrevendo sobre tudo que vivi. Madrid é uma cidade linda, cheia de vida, alegria, cultura e tem um povo receptivo e alegre, eu costumo dizer que esse intercâmbio foi mágico, porque tudo deu certo e eu vivi coisas que nunca iria imaginar, conheci pessoas maravilhosas de diversos países que ainda mantenho contato. Alguns eu até já reencontrei  aqui em São Paulo, agora mesmo recebi uma mensagem de um amigo e já marcamos de nos reencontrar.

Viajei para Ávila, Salamanca, Toledo, El Escorial, Navacerrada e Barcelona, além de Lisboa em Portugal. Foram experiências incríveis, fiz essas viagens de ônibus mesmo, viagens baratas que me enriqueceram.

blog1

Comemorei meu aniversário em Madrid (18.12) e voltei para o Brasil no dia seguinte com o diploma nível B1, pronta para iniciar o B2, mas o mais importante é que voltei confiante e sem medo de falar espanhol. Eu só tenho a agradecer aos amigos que fiz nessa viagem por todas as aventuras e ajuda, também ao blog que me ajudou muito na decisão do destino, no meu roteiro e a ser mais uma apaixonada por Madrid.  Estou ansiosa para voltar, por isso entrar aqui é matar a saudade de um lugar que tanto me fez bem. Confesso que muitas vezes quando os meus olhos estavam brilhando enquanto eu admirava algo dessa cidade incrível, uma das frases que saia da minha boca era: ESTO ES MADRID, MADRID <3″

1 Comentário em Curso de Espanhol em Madrid: experiência de uma leitora

  1. Foi um prazer conhece-la neste intercâmbio Sheila! Não parece que faz um ano! Vamos marcar algo em São Paulo. Abs

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.