Madrid é uma cidade segura?

Faz um bom tempo que ando ensaiando este post porque morro de medo de ser mal interpretada, mas acho que chegou a hora de falar um pouco sobre os perigos e segurança em Madrid, que é sim uma cidade segura, mas que nem por isso dá pra gente descuidar.

Quando converso sobre esse assunto com amigos que moram aqui e vieram de grandes cidades do Brasil, como São Paulo ou BH, é comum escutar que Madrid é uma cidade muito segura, enquanto pessoas de outros países e cidades menores dizem que nem tanto. Afinal, é uma coisa ou outra?

madrid cidade segura

Para turistas e moradores, Madrid é uma cidade segura. Aqui, não se houve falar com frequência de assaltos a mão armada, sequestro e muito menos de assassinatos. Para mim, foi incrível descobrir que eu podia andar sozinha tranquilamente pela rua à 1:30 da madrugada sem ficar paranoica.

Mas isso quer dizer que não há criminalidade? Sim, infelizmente ela existe, mas não costuma estar tão relacionada com a violência física. Por aqui, o crime mais comum é o furto, quando roubam sua carteira e você nem se dá conta. Aconteceu comigo uma vez no metrô e levaram meu celular e minha carteira e eu só percebi depois de uns 10 minutos quando fui abrir a mala e vi que as coisas tinham desaparecido. O mais louco de tudo isso é que nunca fui roubada em São Paulo!

madrid seguro

No blog Desbravando Madrid você encontra uma lista das táticas mais comuns de furto por aqui, que são tão simples que chegam até a ser bobas, mas mesmo assim caímos. Um exemplo clássico é vir alguém tentar te vender alguma coisa quando você está numa mesa do lado de fora de um bar e, quando você se distrai com os produtos que a pessoa te mostra, ela pega seu celular que estava em cima da mesa e sai andando sem que você nem perceba.

Quem vem do Brasil costuma estar mais atento a essas coisas, mas às vezes a gente baixa a guarda por se sentir seguro. Não façam isso porque sempre tem algum espertinho de olho, principalmente em lugares movimentos, como o transporte público, na Puerta del Sol ou dentro de grandes lojas que costumam estar cheias, como a Primark da Gran Vía.

seguranca em madrid

Isso significa que você deve evitar essas regiões à noite? Não! Madrid é segura também durante à noite. Claro que isso vai depender da região onde você está, mas no centro e nas zonas mais visitadas pelos turistas sempre costuma ter movimento, por isso pode ficar tranquilo. Eu mesma já voltei da balada para casa sozinha várias vezes de ônibus, metrô ou táxi e nunca me aconteceu nada.

Como eu já mencionei, não há o componente da violência, então é MUITO incomum que alguém tente arrancar sua bolsa a força ou te ameace. Sinceramente, eu nunca ouvi falar de casos assim.

Madrid é uma cidade segura para mulheres?

Se você vem para Madrid sozinha ou em um grupo de amigas, pode ficar tranquila porque, como eu falei, a cidade é segura. Você deve tomar os mesmos cuidados: estar atenta à bolsa e aos seus pertences de forma geral. Em Madrid, é menos comum os homens virem falar besteira para você na rua – infelizmente ainda acontece, mas tenho a sensação de que muito menos do que no Brasil

O que eu faço se for roubado/a?

Se isso acontecer com você, peça ajuda a um policial – sempre há algum pelo centro. Se você estiver na região de Puerta del Sol, dentro da estação de metrô existe uma delegacia (comisaría) e foi até lá que eu fui no dia em que me roubaram. Eles vão fazer um B.O. e, no meu caso, permitiram que eu usasse o telefone da própria delegacia para cancelar os cartões e o celular.

Espero que você não tenha que passar por esse susto na sua viagem, por isso fique atento!

Related Post

13 Comentários em Madrid é uma cidade segura?

  1. Até hoje foi o lugar que eu mais me senti segura na vida, claro que como uma boa paulistana, sempre fiquei de olho em tudo e em todos, mas me senti ótima de poder andar na rua um pouco mais tarde sem medo de me fazerem mal.

  2. Oi Larissa,

    Boa noite.

    Pelo ai não vão apontar uma arma pra você apenas para levar seu celular, como ocorre aqui no Brasil, né?

    Mas é bem isso que você disse, minha amiga foi furtada em Roma, levaram tudo que tava no carro que ela alugou, porem não temos aquela sensação que alguém vai vir numa moto e levar tudo que você tem e de quebra levar um tiro.

    Muito bom seu blog, to adorando já que estou amadurecendo a ideia de ir morar fora.

    Tudo de bom.

    • Oi, Theo! Realmente esse tipo de crime não costuma acontecer. Nunca ouvi falar de um caso assim e olha que moro na maior cidade da Espanha. E isso faz muita diferença!! Obrigada pelo comentário! Abs!

  3. Ola Larissa!!!

    Em março vamos ver o musical Mamma Mia no Teatro Coliseum na Gran Via, perto da Plaza de Espanha. Devemos sair do Teatro por volta das 23:30 horas e voltar a pé até nosso apartamento na Calle de Atocha. Vc acha que eh tranquilo ou devemos pegar um taxi?

    • Oi, Guilherme. Vocês podem voltar a pé tranquilamente para o hotel (é uma caminhada de uns 20/25 minutos, dependendo da altura em que o hotel está na Calle Atocha).

  4. Infelizmente eu fui furtada numa loja na rua Toledo.Na véspera do meu aniversario, infelizmente fui na polícia fiz o BO, pois queria ver a câmera da loja.Fui furtada em mais de 350 euros , minha identidade e as chaves da minha mala .Nao obtive nada, e voltei ao Brasil com a certeza que não volto mais a Madri!!!!No Brasil nunca fui roubada.Agora ser roubada dentro da loja e não poder ter acesso a câmera????Decepcionada e muito chateada!!!!Lamentavel!!

    • Oi, Elisabete. Infelizmente essas coisas acontecem. Eu mesma fui furtada aqui uma vez no metrô, com a mochila nas costas. Estava desatenta, alguém abriu a mochila e levou carteira e celular. Não sei como funciona essa questão do acesso às gravações feitas pelas câmeras, mas acredito que aqui esse acesso não seja automático, mas sim apenas por via judicial. De qualquer forma, sempre há a possibilidade de consultar um advogado para te orientar melhor sobre isso. Minha dica seria evitar andar com tanto dinheiro em espécie durante viagens. Abs

  5. cleusa.valverde // 30/05/2017 em 1:20 am // Responder

    Larissa , devo ir à Madri em Agosto.Gostaria de saber se é mesmo necessário ,levar o cartão para atendimento médico , e quanto seria esse valor ? se não for utilizado não há como reaver o valor? devo ficar 15 dias ,sou idosa e vou só ,vou ficar na casa de uma amiga.Estou um pouco insegura ,cheia de dúvidas,quanto ao valor que devo levar. Não penso em fazer compras .Acha que vou ter dificuldade ? entendo um pouquinho de espanhol.
    Abraços.

  6. Oi Larissa! Seu texto é muito esclarecedor!
    Queria te perguntar: vim para um distrito chamado Carabanchel, e vi comentários dos madrileños a respeito da segurança aqui. Acredito que também tem mais haver com furtos, como você disse…mas ,você já viu algum comentário sobre pegar táxi a noite ou de madrugada nesta região? Talvez eu precise fazer isso!

    • Oi, Nadielle. Desculpe, mas acho que não entendi sua pergunta. Você se refere a ser fácil pegar táxis nessa região? Se for isso, não é tanto como no centro, por isso te recomendo usar um desses apps de transporte: http://blogueirosmadrid.com/2017/09/05/uber-na-espanha Agora se você se refere à segurança, eu diria que não costuma ter perigo…. eu morava em Urgel e nunca tive problemas, mas com esses apps é bem mais prático e seguro. Abs

      • Obrigada Larissa!
        Perguntei se é perigoso pegar táxi sozinha durante a madrugada – em todos os sentidos… tanto pelo risco de assaltos na rua quanto por ser mulher e estar sozinha!!! Por sua resposta já entendi que posso ficar mais tranquila!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*