Reina Sofia, o meu museu favorito em Madrid

Para quem não sabe, nessa semana aconteceu a #MuseumWeek, um evento global em que vários museus no mundo inteiro revelam alguns dos seus segredos e curiosidades nas redes sociais, especialmente no Twitter, respondendo as dúvidas dos visitantes. O objetivo é atrair o interesse das pessoas e aproximá-las dos museus. Para celebrar a MW, alguns blogueiros da RBBV (Rede Brasileira de Blogueiros de Viagem) decidiram fazer uma blogagem coletiva e eu, como integrante novata da Rede, não quis ficar de fora.

Entrada principal do Reina Sofía, com os famosos elevadores panorâmicos e a obra de MIró, à esquerda

Entrada principal do Reina Sofía, com os famosos elevadores panorâmicos e a obra de Alberto Sánchez, à esquerda

Por isso, hoje venho falar sobre o meu museu favorito em Madrid, o Reina Sofía; e logo abaixo do meu texto você vai encontrar o link para os posts de todos os outros blogueiros da RBBV que participam da blogagem coletiva. Tem museus brasileiros, europeus, latino-americanos, norte-americanos, asiáticos, africanos, da Oceania… sério, tem museu do mundo inteiro! E se você quiser também pode conferir lá no twitter toda a movimentação com a hashtag #MuseumWeek.

Ah! E se você está em SP nesse momento, aproveite para conhecer algumas obras de Picasso que fazem parte do acervo do Reina Sofía na exposição “Picasso e a Modernidade Espanhola”, no Centro Cultural Banco do Brasil. A entrada é gratuita e a expo está aberta até o dia 08 de junho.

Picasso - Los Pájaros Muertos

Picasso – Los Pájaros Muertos

Mas vamos ao meu favorito! 

O Reina Sofía foi o museu madrileño mais visitado em 2014 e não foi à toa! A maioria dos turistas chega aqui louca para ver os grandes pintores espanhóis do século XX, como Picasso, Dalí, Miró, Gris e muitos outros. A grande obra de Picasso, Guernica, está aqui e rola uma certa comoção em torno ao quadro, que é enorme, com mais de sete metros de largura (infelizmente – ou felizmente – não pode ser fotografada).

Rostro del gran Masturbador - Dalí

Rostro del gran Masturbador – Dalí

Mas como moradora de Madrid, eu amo o Reina Sofía por muitos outros motivos e acho que a visita a esse museu é obrigatória na sua passagem pela cidade não só para ver os quadros mais famosos, mas principalmente porque nos permite conhecer muito mais sobre a Espanha contemporânea e os espanhóis. Como esse museu está focado no século XX, toda a arte que encontramos nele foi fortemente impregnada pelo que acontecia na Espanha, política e socialmente. O próprio quadro Guernica é reflexo disso, já que retrata os horrores do ataque nessa pequena cidade do País Vasco durante a Guerra Civil, onde praticamente havia apenas mulheres e crianças. A Guerra Civil e o posterior período franquista, que termina em 1975, podem ser percebidos em várias obras e autores.

Faça a visita pelo acervo em ordem cronológica, assim fica mais fácil entender os momentos históricos: no segundo andar está a coleção que vai dos anos 1900 a 1945, justamente quando termina a II Guerra Mundial – esse andar é obrigatório, pois é aqui onde estão os clássicos; no quarto andar estão as obras produzidas entre 1945 e 1968, ano do famoso “Maio de 68” francês.  Depois desça até o térreo e o primeiro andar, com obras dos anos 62-82, onde é possível ver as ditaduras latino-americanas, os movimentos de esquerda e o ativismo artístico da região. Há, inclusive, uma obra do brasileiro Helio Oiticica!

Clássico de Dalí

Clássico de Dalí

As exposições temporais também costumam ser muito bacanas e, para quem mora aqui, há diversas atividades paralelas, como palestras, shows, exibições de filmes. E é por isso que eu amo o Reina Sofía: porque é um museu conectado com a atualidade e com a sociedade. Outra coisa interessante são as visitas guiadas com um enfoque específico, pelas quais não é preciso pagar nada além do ingresso. Para quem ama Guernica, por exemplo, há visitas guiadas específicas para essa obra.

Un mundo, de Ángeles Santos

Un mundo, de Ángeles Santos

Para terminar, queria só dizer que vale muito a pena acompanhar a #MuseumWeek porque sempre se aprender muita coisa nova e interessante. Eu acabei descobrindo que antes de ser um museu, o edifício que alberga o Reina Sofía era um hospital. Olha só nesse tweet oficial como era antes:

Duas coisas para ver no Reina Sofía além das obras: o jardim, que é um espaço super agradável em dias de sol, e o terraço, de onde se pode ter uma bonita vista de Madrid (de um lado, para a estação de Atocha, e do outro para os telhados coloridos de Madrid).

O charmoso jardim do Reino Sofía

O charmoso jardim do Reino Sofía

Para preparar sua visita:
– O Reina Sofía está aberto de segunda a sabado, das 10h às 21, exceto às terças, quando não abre. No domingo, funciona das 10 às 19h. Calle Santa Isabel, 54, metrô Atocha.
A entrada custa 8 euros (estudantes até 25 anos pagam meia). De segunda à sabado (exceto às terças), a entrada é gratuita a partir das 19h; e aos domingos é gratuita a partir das 13h30.
Site oficial 

Vista do terraço em um dia de sol e céu azul

Vista do terraço em um dia de sol e céu azul

Confira outros blogs que estão participando da Blogagem Coletiva da RBBV MuseumWeek:

Américas:

Uziel Santos – Uzi Por Aí Museu do Ouro (Bogotá, Colômbia).
Claudia Rodrigues – Felipe, O Pequeno ViajanteMuseu de Ciência e Tecnologia da PUC (Porto Alegre – RS)
Patricia Tayão – Viajar Hei – Museu Nacional (Rio de Janeiro – RJ)
Adriana Ramos – Sonhando em Viajar!Museu Nacional da História Natural da Quinta da Boa Vista (Rio de Janeiro – RJ)
André Morato – Blog Meu DestinoInhotim (Brumadinho – MG)
Antonio Rômulo Jr. – Retrip ViagensMuseu de Arte Sacra (São João Del Rey – MG)
Andrea Barros – Do RS para o MundoMuseu Histórico de Veranópolis (Veranópolis -RS)
Eloah Cristina – Marola com CarambolaMemorial da Resistência de São Paulo (São Paulo – SP)
Carmem Batista – O que vi do MundoMuseu do Futebol (São Paulo – SP)
Talita Marchao – Me Deixa Ser TuristaPinacoteca, Estação Pinacoteca, Dops e Museu da Língua Portuguesa (São Paulo – SP)
Cristiane Rangel – Pequeno Grande MundoMuseu de Ciências Naturais do Bosque da Ciência – INPA (Manaus – AM)
Jamille Andrade – Rascunhos de FotografiaMuseu do Ceará, MAUC e Museu do Humor (Ceará)
Julia Motta – Quebrei a BússolaMuseo del Holocausto (Buenos Aires – Argentina)
Thiago Busarello – Vida de TuristaMALBA (Buenos Aires)
Camila Faria – E aí, FériasAmerican Museum of Natural History (Nova Iorque – Estados Unidos)
Liliane Inglez – Trilhas e CantosMuseu Chileno de Arte Pre Colombino (Santiago – Chile)
Cynara Vianna – Cantinho de NáInstituto Ricardo Brennand (Recife – PE)
Andrea e Luciano – Malas e PanelasVizcaya Museum and Gardens (Miami – Estados Unidos)
Mariana e Augusto – Embarque Portão 5Museo de Las Casas Reales (Santo Domingo – República Dominicana)
Francine Agnoletto – Viagens que SonhamosField Museum (Chicago – Estados Unidos)
Camila Lisboa – O Melhor Mês do AnoTumbas Reales de Sipan (Chiclayo – Lambayeque, Peru)
Camila Torres – Colecionando Ímãs – Os Museus de Arte de Brasília (Distrito Federal)

 Europa:

Paula Augot – No Mundo da PaulaMuseu Tate Modern (Londres – Inglaterra)
Heloisa Righetto – Aprendiz de Viajante5 museus não tão conhecidos para visitar em Londres (Londres – Inglaterra)
Carol Pascual – Londres com criançasMuseum of London (Londres – Inglaterra)
Deb Wal – Segredos de LondresNational Gallery (Londres – Inglaterra)
Fernanda Scafi – Tá indo pra onde?Deutsches Historiches Museum (Berlim – Alemanha)
Nicole Plauto – Agenda Berlim03 museus para visitar na primeira vez em Berlim (Berlim – Alemanha)
Claudia Bömmels – Brasileiros Mundo AforaDeutsches Technik Museum (Berlim – Alemanha)
Natália Gastão – Ziga da ZucaMuseu Judaico (Berlim – Alemanha)
Renata Inforzato – Direto de ParisHôtel de Soubise – o palacete que virou arquivo e museu – (Paris – França)
Fabia e Gabi – EstrangeiraMuseu Picasso (Barcelona – Espanha)
Roberta Martins – TerritóriosMuseu Dalí (Barcelona – Espanha)
Adriana Lima – Da Porta Pra Fora – Museu DOX (Praga – República Checa)
Ana Cristina – ITALIAna –  Galleria degli Uffizi Florença (Florença – Itália)
Deyse Ribeiro – Passeios na ToscanaMuseu Cappella Brancacci (Florença – Itália)
Aline Dota – Descobrindo a AlemanhaEL-DE-Haus – Centro de documentacao do Nazismo (Colônia – Alemanha)
Fani e Robson – Meu Mundo Por AíMuseo Del Prado (Madri – Espanha)
Dalila Barakat – Mil e Uma ViagensMauritshuis (Haia – Holanda)
Simone Betoni – O Guia de MilãoCasa Museu Boschi di Stefano (Milão – Itália)
Solange Spiess – No Mundo com a GenteMuseu Casa de Rembrandt (Amsterdam – Holanda)
Alexandra Aranovich – Café Viagem – Museu Casa Cailler e Museu do Chocolate (Broc, Suíça)
Poliana Cardozo – Comendo Chucrute e SalsichaMuseu de Belas Artes de Sevilha(Sevilha – Espanha)
Claudia Bins – Mosaicos do SulMuseu Dalí (Saint Petersburg – Estados Unidos)
Luciana Rodrigues – Turismo em RomaMuseu da Emigração Italiana (Roma – Itália)
Virna Mitrogiannis – Uma Brasileira na Grécia – Museu Acrópoles (Atenas – Grécia)
Cyntia Campos – A Fragata Surprise – Museu da Acrópole (Atenas – Grécia)

Diversos:

Pedro Richardson – Travel With Pedro – Museu Amna Suraka (Sulaymaniyah – Iraque)
Mirella, Oscar, Martinha e Carina – Viajoteca#Museumweek – 4 Museus pelo Mundo – Te Papa (Wellington – Nova Zelândia), Vizcaya Museum & Gardens (Miami – EUA), Pergamonmuseum (Alemanha – Berlin), Belgian Comic Strip Center (Bruxelas – Bélgica)
Thaissa Chagastelles – Viagem com a ThatháAuckland Museum – (Auckland – Nova Zelândia)
Marina Vidigal – Ideias na MalaAngkor National Museum (Siem Reap – Camboja)
Nívia Guirra – Viagens Invisíveis5 Museus Palácios no Marrocos (Marrakech e Fez – Marrocos)

12 Comentários em Reina Sofia, o meu museu favorito em Madrid

  1. Lindo post Larissa. Não o conheço, mas indo para Madrid irei lá conferir de perto. 😉

  2. Nossa! Cheio de obras lindas!

  3. Lindo museu! E com belíssimas obras.

  4. Pra mim esse museu está o topo dos meus preferidos. Fiz design e estudamos um bocado sobre Picasso, e ver o Guernica desde seus esboços foi emocionante. Voltando a Madrid, irei nele com certeza. Um abraço.

  5. Larissa, parabéns pelo post, extensivo ao blog em geral, informativo e com um texto deveras interessante. Já sou seu fiel seguidor….
    Beijo

  6. Adorei o post!
    Estou louca pra ir no Reina Sofia desde a primeira vez que vi uma reprodução do Guernica! *.*
    Realmente lembra um pouco a Fondation Gianadda, mas imagino que ele seja muuuuuuito maior, não?

  7. Super quero ver as obras de Alexander Calder mais de perto!

    • Sou suspeitíssima pra falar, mas esse museu tem que ser visita obrigatória em Madrid! QUando vier, me avise e tomamos um café!

26 Trackbacks & Pingbacks

  1. Angkor National Museum em Siem Reap | Ideias na mala
  2. Museu Tate Modern - No Mundo da Paula No Mundo da Paula
  3. 05 Museus Palácios no Marrocos - Viagens Invisíveis
  4. Mauritshuis, meu museu de arte preferido em Haia, na Holanda.
  5. Museu de Belas Artes de Sevilha - Comendo Chucrute & Salsicha
  6. Museo de las Casas Reales em Santo Domingo. - Embarque Portão 5
  7. Museu Judaico #MuseuWeek | ZigadaZuca
  8. Blogagem Coletiva - Visite o Inhotim - MuseumWeek - Blog Meu Destino
  9. Bogotá - Museu do Ouro: A Cara da Riqueza - Uzi Por Aí
  10. Auckland Museum – #MuseumWeek | Viagem com a Thathá
  11. Museu Casa da Ciência, no Bosque da Ciência do INPA, Manaus #MuseumWeek | Pequeno Grande Mundo
  12. Meus museus favoritos – Museum Week 2015 | TERRITÓRIOS | Explorando territórios em diversos estilos
  13. Vizcaya Museum and Gardens em Miami - Malas e Panelas
  14. Hôtel de Soubise – o palacete que virou arquivo e museu | Direto de Paris
  15. #MuseumWeek - 4 Museus pelo mundo
  16. [Blogagem Coletiva – #MuseumWeek] Museu Tumbas Reales de Sipan | O Melhor Mês do Ano
  17. Museus em Londres: National Gallery - Segredos de Londres
  18. Passeios na Toscana - Cappella Brancacci: um local para entender o Renascimento
  19. A casa-museu Boschi di Stefano - O Guia de Milão
  20. Museu de Arte Sacra - São João del Rei - Retrip
  21. Instituto Ricardo Brennand em Recife - Cantinho de NáCantinho de Ná
  22. Museus do Ceará - blogagem coletiva - Rascunhos de Fotografia
  23. Agenda Berlim| 03 museus para visitar na primeira vez em Berlim
  24. 5 museus não tão conhecidos em Londres -
  25. O que fazer em Madrid gastando pouco (ou nada) | ¡Esto es Madrid, Madrid!
  26. Deutsches Technik Museum – Museu da Técnica Alemã – Blogagem coletiva rbbv – Brasileiros Mundo Afora

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*