A Madrid de Almodóvar

(Atualizado em setembro de 2019)

Pergunte a um espanhol se ele gosta de Pedro Almodóvar. A resposta, em 80% dos casos, é negativa – pelo menos na minha amostragem pessoal feita sem nenhum caráter formal.

Mas para mim e para muita gente, Almodóvar é sinônimo de Espanha. Desde que vi o primeiro filme dele, passei a ver todos no cinema e tenho quase toda a filmografia em DVD porque AMO Almodóvar.

E, apesar de ser de Castilla y La Mancha, Almodóvar tem uma relação especial com Madrid. Junto com outros artistas, o diretor foi parte da Movida Madrileña, um movimento contracultural surgido entre finais dos anos 1970 e começo dos anos 1980, quando a Espanha passava pelo período da Transição do regime de Franco para a democracia.

Almodóvar é um dos símbolos da Movida e gravou em Madrid alguns dos seus grandes filmes. E para quem, assim como eu, é fã do diretor manchego, a grande dica é um tour pela Madrid de Almodóvar, conhecendo lugares que foram cenários para os seus filmes. Aqui tem um arquivo em PDF com um mapinha e tudo!

Meus cenários favoritos:

Plaza de La Villa (ao lado da Plaza Mayor)

Essa inesquecível cena de Ata-me em que Ricky (Antonio Banderas) vai até a Plaza de La Villa para comprar heroína para aliviar a dor de dente de Marina (Victoria Abril), a quem ele sequestrou por amor. O problema é que ele é reconhecido pela personagem de Rossy de Palma, a quem ele roubou na noite anterior. A situação dá início a uma perseguição que segue até a Calle Del Cordón.

Plaza de la Villa

Plaza de la Villa

Fale com ela (Cine Doré)

Difícil escolher, mas esse é um dos meus preferidos. Benigno (Javier Cámara) vai ao Cine Doré, um dos cinemas mais antigos de Madrid que continua em funcionamento e que hoje em dia é sede da Filmoteca Espanhola.

Benigno, do lado esquerdo, olha um cartaz do Cine Doré

Benigno, do lado esquerdo, olha um cartaz do Cine Doré

Esse mesmo cinema aparece no último filme de Almodóvar, “Dor e Glória”, quando é

A lei do Desejo (Centro Cultural Conde Duque)

As noites de verão em Madrid são quentes. MUITO quentes! Isso ajuda a entender porque Tina (Carmen Maura) pede ao gari que está lavando a rua também jogue água nela.

Conde Duque

Conde Duque

O que Fiz Eu Para Merecer Isto? (Taberna Alhambra, Calle Victoria 9)

Um dos últimos filmes que eu vi de Almodóvar e simplesmente AMEI, morri de rir. Acho que, depois de dois anos e meio morando aqui, passei a ver de outra maneira os espanhóis e esse filme traz uma avó espanhola bem engraçada: a atriz Chus Lampreave está demais! Ainda não fui a esse bar onde foi gravada uma cena em que a avó paga um conhaque para o neto e um amigo, mas agora estou super curiosa!

Vovó moderna!

Vovó moderna!

Tudo sobre minha mãe (Círculo de Bellas Artes)

É em frente ao Círculo de Bellas Artes, sobre o qual falei aqui, que Manuela (Cecília Ruth) espera o filho para ver uma peça.

Esperando o filho em frente ao Círculo Bellas Artes

Esperando o filho em frente ao Círculo Bellas Artes

Os Amantes Passageiros

Claro que um filme que se passa principalmente no ar não poderia deixar de fora o Aeroporto de Madrid – Barajas. Para mim, esse é um dos filmes mais fracos da obra do diretor, mas teve seus momentos de risada.  

Além disso, há outra cena em um ponto bastante simbólico de Madrid: a rua Segóvia com seu viaduto e a escadaria, que fica bem visível na foto abaixo. Essa é uma das áreas mais tradicionais de Madrid!

-Carne Trêmula (Puerta de Alcalá)

Para mim, Carne Trêmula é o mais significativo no que se refere a Madrid. É inesquecível e marcante a cena, logo no comecinho, em que Penélope Cruz, em trabalho de parto, está no ônibus a caminho do hospital e a cidade, escura, vazia, parece linda e assustadora.

Você pode ver a belíssima cena aqui:

A maior parte das informações desse post foi retirada do blog Madrider, que já não existe.  A maior parte das imagens é da página http://todopedroalmodovar.blogspot.com.es/.

4 Comentários em A Madrid de Almodóvar

  1. Gosto muito dos filmes do Almodóvar! Não entendo porque os espanhóis não gostam tanto assim…rs. Beijos!

1 Trackbacks & Pingbacks

  1. 10 coisas para fazer em Madrid em janeiro - ¡Esto Es Madrid, Madrid!

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notice: Undefined variable: gdprcp_content in /customers/1/f/b/estoesmadridmadrid.com/httpd.www/wp-content/plugins/gdpr-cookies-pro/gdpr-cookies-pro.php on line 275