Clube de leitura feminista em espanhol

Já fazia um bom tempo que eu estava querendo fazer parte de um clube de leitura e, no final do ano passado, quando a pandemia entrava em sua sei-lá-qual onda, me dei conta de que ainda passaríamos vários meses sem ter muita vida social, então pensei que seria um bom momento e decidi me inscrever no clube de leitura feminista em espanhol La Tribu.

Um dos melhores livros do ano do clube

Gostei tanto da experiência que decidi compartilhar por aqui. Os encontros da Tribu acontecem mensalmente online e são organizados pela escritora Carmen G. de la Cueva, autora de livros como “Mamá, quiero ser feminista”, editora e colunista da Contexto y Acción.

A lista dos 12 livros do ano é divulgada com antecedência (a de 2022 já está no site oficial) e, algumas semanas antes do encontro, a Carmen envia um documento com informações sobre a autora e a obra, como matérias de jornais e revistas, entrevistas e análises. Esse material costuma ser bastante interessante e ajuda a entender melhor a obra e seu contexto histórico/social/político.

Seleção dos livros do clube de leitura

Na lista dos livros do ano há tanto ficção e não-ficção quanto ensaios. Também é bastante variada em relação ao ano de publicação do livro e à origem das escritoras. Em 2021 tivemos desde o clássico “Mulherzinhas”, publicado em 1868, até a obra “Las Malas”, da autora argentina trans Camila Sosa Villada, publicada em 2020, passando pelos “Ensaios Essenciais” da incrível Adrienne Rich.

Também lemos livros de escritoras de origem espanhola, mexicana, sul-africana, vietnamita, etc.

O que todos têm em comum? Foram livros escritos por mulheres.

Mas a participação no clube é aberta a todes.

Como o clube de leitura funciona na prática?

Normalmente, a cada mês acontecem três encontros sobre o livro lido naquele mês. Dois deles costumam ser entre segunda e quinta no início da noite, a partir das 19 horas, e o outro na sexta de manhã; assim você tem três oportunidades para participar. As datas são divulgadas com cerca de três ou quatro semanas de antecedência, quando ela envia um link para acessar a sessão do mês.

Além disso, há sessões especiais em que contamos com a participação da própria escritora, como aconteceu com Elvira Lindo e Brenda Navarro, ou tradutora/editora, como foi o caso de Mireia Boffil.

Em 2022, haverá algumas novidades, entre elas o fato de que em alguns meses serão lidos dois livros que se acompanham. Para participar durante o próximo ano, é necessário se inscrever e pagar uma taxa de 60€. Ah! E também é possível presentear uma pessoa querida. Eu adoraria um presente assim!

Minha opinião pessoal do clube de leitura

Participar do clube foi uma das coisas mais bacanas desse ano, porque me deu a chance de conhecer escritoras que não conhecia, ler livros que talvez não me interessariam em um primeiro momento, mas que acabei adorando e outros que eu já estava morrendo de vontade de ler e aproveitei a oportunidade.

Durante as reuniões, todas comentamos nossas impressões sobre a leitura e interagimos. É ótimo porque sempre passo a ver o livro de outra perspectiva ou há algo que não tinha reparado e acaba sendo fundamental. Nas primeiras sessões, havia uma certa timidez, mas no fim fizemos um grupo unido e as reuniões passaram a ser bastante íntimas em que falamos não só dos livros, mas de feminismo, maternidade, séries, filmes.

Acho que outra boa vantagem é que as leituras e encontros são em espanhol, então pode ser uma boa oportunidade para praticar o idioma.

A única coisa que senti falta foram os encontros presenciais, mas até rolou um aqui em Madrid.

Outros clubes de leitura

Para quem gosta de ler, há muitos clubes por aí, mas não os conheço em detalhes, então deixo o link aqui de alguns clubes de leitura em Madrid casos se interessem:

Essa livraria super charmosa em Argüelles oferece três clubes de leitura que se reúnem presencialmente e quinzenalmente, cada um deles com um enfoque – incluindo um clube de leitura feminista – e coordenados por um professor. O preço é de 40€/mês.

Além dos cursos de escritura, essa escola também conta com um clube de leitura que se reúne presencialmente mensalmente. Você pode participar de apenas um encontro por 18€ ou comprar pacotes de 3 e 5 sessões (45€ e 60€ respectivamente).

As bibliotecas de Madrid também promovem clubes de leitura, alguns deles temáticos, como HQ, história, África, literatura francesa.

Se você participa de algum clube que recomenda, deixe sua dica nos comentários que incluo no post. Se você quer começar a ler livros em espanhol, mas não sabe por onde, confere este post com as minhas dicas. Ah! Também já reuni algumas das livrarias mais legais de Madrid.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Notice: Undefined variable: gdprcp_content in /customers/1/f/b/estoesmadridmadrid.com/httpd.www/wp-content/plugins/gdpr-cookies-pro/gdpr-cookies-pro.php on line 275