As melhores universidades da Espanha em 2019

Esse post já se tornou tradição no blog e é claro que não poderia deixar de fora a lista das melhores universidades da Espanha em 2019, já que grande parte dos leitores sonha em estudar aqui. Como sempre, os rankings são motivo de polêmica e nesse post apresento dois que trazem resultados bem diferentes e que avaliam as universidades de distintos pontos.

U-Ranking

Para mim, o U-Ranking, da Fundación BBVA, é o mais completo, já que avalia desde o número de professores por aluno, o número de professores doutores, as taxas de êxito e de abandono, a porcentagem de alunos estrangeiros e até o número de patentes. A lista é bem completa e você pode ler os detalhes da metodologia no site oficial.

A universidade com melhor resultado no U-Ranking 2019 foi a catalã Pompeu Fabra, seguida pela Universidad Carlos III de Madrid e, empatadas em terceiro lugar, a Universitat Politècnica de Catalanuya e Universitat Politècnica de València. O ranking das melhores é esse:

Mas, para mim, o mais interessante do U-Ranking é que, no site, você consegue montar seu ranking pessoal escolhendo o curso que quer estudar, a região e o peso que dá a cada um desses 3 pontos: docência, pesquisa e inovação e desenvolvimento tecnológico. No meu caso, selecionando Jornalismo em Madrid e colocando 56% para docência, 34% para pesquisa e 10% para inovação e desenvolvimento tecnológico, a melhor universidade é a Carlos III, seguinda pela San Pablo. Você pode construir seu próprio ranking aqui.

El Mundo

Já o levantamento feito pelo jornal espanhol El Mundo não monta um ranking geral e indica apenas as 5 melhores universidades do país em cada curso de acordo com 25 parâmetros, que vão desde entrevistas realizadas com professores até, por exemplo, o gasto da universidade por alunos, o número de créditos teóricos e práticos, a proporção de alunos em relação ao número de docentes e pesquisadores, etc.

No curso de jornalismo, as universidades mais bem colocadas são: Universidad de Navarra, Universidad CEU San Pablo, Universidad Complutense de Madrid, Universidad Autónoma de Barcelona e Universidad Pompeu Fabra. Curiosamente, a que aparecia em primeiro no meu ranking pessoal da U-ranking nem aparece aqui!

Você pode consultar os resultados do levantamento do El Mundo no site oficial.

Vale a pena?

Claro que existem ótimas universidades no geral, mas acho sempre interessante olhar para os cursos de maneira individual, buscando referências dos professores e também procurando grupos de estudantes nas redes sociais. Minha dica também seria analisar racionalmente o curso, a universidade e a ideia de morar fora, com seus prós e contras, já que muitas vezes temos a tendência de nos empolgarmos pensando:  “incrível, vou estudar em outro país” e deixamos de lado os custos, a qualidade do curso, a homologação do curso no retorno ao Brasil, a enorme burocracia para fazer a matrícula e tirar o visto, entre outros pontos.

Aqui no blog já rolaram vários posts sobre estudar na Espanha, desde o passo a passo para o visto até os preços dos cursos de graduação e mestrado, passando por MBA. Reuni todos os posts sobre estudar na Espanha para simplificar 😉

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*


Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.