Salários na Espanha: guia do mercado de trabalho 2016

Quer ver a versão atualizada desse post? Dá uma olhada no mercado de trabalho da Espanha em 2017!

Com a piora da crise política e financeira do Brasil, muita gente vem pensando em sair do país e começar tudo de novo no exterior. Talvez pelo fato de ter uma cultura e um idioma parecidos ao nosso ou pelo fato de muitos serem descendentes de espanhóis, a Espanha é um dos principais destinos escolhidos por esses brasileiros que pensam em emigrar e que, é claro, se preocupam com o mercado de trabalho e os salários aqui na Espanha.

Ainda tem gente que vê a Europa como um continente uniforme em que todos os países são superdesenvolvidos, mas a situação não é bem assim. Claro que na Espanha há mais qualidade de vida que no Brasil, mas a situação econômica do país ainda sofre os reflexos da crise de 2008 e isso repercute nos salários dos trabalhadores.

Atualmente, a taxa de desemprego na Espanha é de 20% e o mercado aindapassa por um momento complicado.  De acordo com um estudo do site Infojobs, 35% dos contratos de trabalho feitos em 2015 eram de meio-período e 92% eram temporários.

taxa de desemprego na espanha

As regiões mais afetadas pelo desemprego são Andaluzia (29%) e Extremadura (28%), enquanto as menos afetadas são, em ordem, País Basco (12%), Navarra (13%) e La Rioja (13%).

Setores com mais e menos concorrência

Para ter uma ideia, o número de pessoas que concorrem a uma vaga no Infojobs é de 63. Para comparar, em 2008, esse número era de apenas 28 – embora seja verdade que ele vem caindo nos últimos anos.

Os setores em que há mais candidatos por vaga são: vendas, administração de empresas, direito, compras/logística, construção, RH e design/artes gráficas. Se falamos especificamente de postos de trabalho, os mais disputados são secretário (a), jornalista, arquiteto e administrativo.

Por outro lado, os setores em que há menos disputa são informática/telecomunicações, comercial, finanças e atendimento ao cliente. Os postos menos disputados são: Programador J2EE, arquiteto informático, programador Oracle, programador JAVA, programador NET.

Sou formado e falo idiomas. Isso me ajuda?

Apesar de parecer meio óbvio que quanto mais preparado, maior são as suas chances, isso não funciona bem assim. Segundo o Infojobs, 43% das pessoas que se inscreveram a vagas de trabalho são graduados – e apenas 21% das vagas oferecidas exigiam graduação. Isso significa que há um desequilíbrio grande entre a oferta e demanda no que se refere à qualificação.

trabalho universitarios espanha

Se você está estudando e pensa em encontrar um estágio, saiba que atualmente há 70 estudantes disputando uma vaga. Além disso, 44% das pessoas com menos de 25 anos ganham menos que mil euros brutos por mês.

O resultado dessa falta de oportunidades para jovens profissionais formados acaba provocando o que aqui ficou conhecido como “fuga de cérebros”: muitos talentos partiram para o exterior. Em 2015, mais de 70 mil espanhóis nascidos aqui se registraram como moradores de outros países – o dobro do número registrado em 2008.

Salários

Apesar de a economia ter melhorado um pouco nos últimos anos, os salários permanecem praticamente estáveis. Em 2011, a média salarial bruta anual era de 23.991. Depois disso, caiu com força em 2012 e desde então vem se recuperando muito lentamente. A média em 2015 foi de 23.678€, ou seja, menos de 2 mil euros por mês e isso sem contar os descontos com impostos.

Você pode estar pensando: ok, a média é de quase 2 mil por mês e isso está bem. Mais ou menos, porque há muita desigualdade. Ainda de acordo com o Infojobs, 37% das vagas oferecidas no site delas tinha um salário bruto que variava entre 12 mil e 18 mil por ano.

De acordo com o levantamento:

19% das vagas pagam até 12 mil por ano.
37% das vagas pagam até 18 mil por ano.
15% das vagas pagam até 24 mil por ano.
15% das vagas pagam até 30 mil por ano.
Apenas 14% das vagas pagam mais de 30 mil por ano.

Qual a média salarial por área de atuação?

Vamos ao que interessa: quanto ganha um profissional aqui na Espanha de acordo com a sua área de formação ou atuação?

O estudo do Infojobs fala em áreas de atuação e não em profissiões específicas. Quem aparece na frente são os engenheiros, com um salário bruto anual médio de quase 29 mil euros por ano. Atrás estão os profissionais do setor imobiliário e de construção e os de informática e telecomunicações. Na ponta oposta, os que ganham menos são os que trabalham venas, atendimento ao cliente são os que ganham menos – turismo, que é o grande motor da economia espanhola, também tem salários abaixo da média.

O que o levantamento revela é que vagas que exigem maior qualificação pagam mais, mas essa diferença não é tão grande quanto no Brasil. Enquanto uma pessoa com graduação ganha cerca de 28,5 mil por ano, uma pessoa que ocupa um cargo que não exige nenhum estudo específico paga 21,5 mil.

salario nivel educacional

Quanto ganha um engenheiro na Espanha? E um médico?

A consultoria Hays fez um levantamento mais amplo, que revela as profissões que serão tendência nos próximos anos, as percepções dos profissionais sobre o mercado de trabalho atual e quais são os salários para postos específicos. Dá para ver, por exemplo, quanto ganha um arquiteto projetista com 2 anos de experiência em Madrid ou um Analista de Riscos do Setor de Finanças em Barcelona com 10 anos de experiência.

Para o setor de engenharia, um dos que mais me perguntam, o levantamento tem várias folha e a que aparece abaixo é só uma delas.

salario engenharia espanha

Abaixo, incluo os setores mais relacionados à minha área, porque como sempre falo dela, muita gente me escreve perguntando sobre isso.

salario marketing espanha  salario comunicacao espanha

Se você quer saber qual é o salário na sua área, pode consultar os dois estudos – todas as informações que eu tenho vieram daí, então com certeza neles você vai encontrar mais info do que comigo. O levantamento completo do Infojobs está disponível aqui e o da Hays pode ser visto aqui.

Agora se as suas dúvidas são sobre como trabalhar na Espanha (visto de trabalho, como procurar emprego), leia esse post que escrevi. Para saber como é trabalhar numa espanha (rotina, horários, costumes, férias), eu recomendo esse post!

Related Post

58 Comentários em Salários na Espanha: guia do mercado de trabalho 2016

  1. Larissa, parabéns pelo post é muito completo!

  2. Olá, muito bom o seu post. Mas é inacreditável como as pessoas insistem em ficar na Espanha com tantos problemas de emprego. Ganham um péssimo salário e com desemprego pior que do Brasil. É ótimo o seu alerta.

    • Cecilia, na minha opinião, não vale vir para arriscar, principalmente ilegalmente. Se eu tivesse a nacionalidade de algum país europeu, acho que valeria mais a pena investir em outro. Por outro lado, aqui na Espanha também não é preciso muito dinheiro para viver, já que os aluguéis caíram mto e a educação e saúde são gratuitas. Então é tudo meio relativo, sabe? Mas quem quer ascender na carreira, eu acho que a Espanha ainda é um país que não oferece boas expectativas. Abs!

  3. Primeiramente, parabéns pelo post Larissa! Ajudou bastante (apesar do cenário ser realmente tão ruim quanto dizem). A Universidad de Alicante é uma das opções que tenho para fazer intercâmbio com a minha faculdade aqui no Brasil, mas eu precisaria trabalhar para me manter (aluguel, comida, transporte) mas acho que vou ter que desistir, né? 🙁

    • Oi, Laura! É bem complicado conseguir um trabalho sem ter um visto adequado, além disso, as universidades aqui costumam ter ou horário integral ou uns horários aleatórios que dificultam trabalhar. Eu, por exemplo, tinha aula 3 dias por semana só, mas era um dia de manhã, o outro à tarde e o outro o dia inteiro. Eu diria para você não vir contando com isso. Um abraço

  4. Olá Larissa, amei seu post está tudo muito bem explicado;eu sou apaixonado pela Espanha tanto que sempre fiz meus planos de vida baseado nesse país,atualmente faço faculdade de Engenharia Mecânica aqui no Brasil, mas pretendo fazer uma pós na Espanha,e eu só queria saber como esta a área de engenharia atualmente na Espanha, gostaria de saber se tem bastante oportunidade de emprego nessa área, ou se devido a crise essa área esta meio ofuscada digamos assim.
    Agradeço desde já.
    Well

    • Oi, Wesllington. A área de engenharia está voltando a aquecer agora, mas ainda está longe do auge vivido antes da crise. Se você vier fazer uma pós, tenta um estágio aqui, que acho que é a maneira mais provável de entrar no mercado de trabalho. Abs

  5. Oi, Larissa, agradeço por me responder haha, fico feliz com a notícia de que a engenharia está voltando, e obrigado pela dica de eu concorrer a um estágio quando estiver fazendo minha pós ai, eu já vinha pensando nisso e vou continuar nesse meu plano de carreira haha. Mais uma vez agradeço por tudo.
    Gracia por la atención
    Abrazos.

  6. Por favor vim para espanha agora em maio de 2016 e gostaria de estar por mais de tres meses como faço. Pois pretendo arrumar um emprego e vivir aqui. Quais os documentos necessarios para estar aqui mais tempo e onde devo me apresentar aqui na espanha para solicitar minha estadia?

    • Oi, Carla. Para ficar mais tempo, você teria que conseguir um emprego que bancasse seu visto, mas isso é bem difícil. Outra possibilidade seria se matricular em algum curso e tentar um visto de estudante. Boa sorte!

  7. Boa noite.
    Primeiramente parabéns pelo blog, muito bem informativo e instruído. Bom, minha mãe reside em Zaragoza e é casada, meu padrasto trabalha em uma empresa há anos e minha mãe me sustenta enviando dinheiro pra mim. Já fui pra aí pra conhecer e realmente a qualidade de vida e é muito boa em relação aqui, mas quero voltar agora em julho ou agosto porém ainda preciso pedir reagrupamento familiar, tenho 20 anos ainda, não formei em nenhum curso mas sei falar o espanhol já, gostaria de alguns conselhos para mim conseguir arrumar algum trabalho na região e com o que seria mais fácil pra mim arrumar .

    • Oi, Brendo. Não sei como é a região de Zaragoza para trabalho. Aqui em Madrid, os trabalhos mais “fáceis” de conseguir são no setor de serviços (bares, lojas, telemarketing). Boa sorte!

  8. Estou para concluir o curso técnico de enfermagem, qual a equivalência desse curso aí na Espanha e vc acha que tem como eu conseguir já entrar nessa área procurando vagas daqui do Brasil pela internet ou é melhor procurar outro trabalho e depois investir nessa área quando já estiver aí? Me ajude.

    • Laíse, esse curso aqui equivale à Formación Profesional de Enfermería (ou seja, bem similar ao técnico daí). Você pode procurar daí, mas já te antecipo que sem um visto de trabalho é bem difícil conseguir algo e que o setor de saúde foi bem afetado pela crise e que grande parte das vagas é para o setor público, ou seja, há que fazer concurso e para isso é preciso ter a nacionalidade.

  9. Larissa eu tenho a cidadania espanhola..gostaria de ir esse ano ainda para tentar arrumar um sub emprego tipo atendente,garçom,trabalhar em shopping qualquer coisa…oq voce acha? vale a pena arriscar?

    • Samuel, se você tem a cidadania fica bem mais fácil. Você tem experiência na área? Fala espanhol? Caso sim, acho que vale a pena vir – mas preparado para aguentar uns meses parado, porque pode demorar um pouco.

  10. Larissa, muito bom seu trabalho no blog. Parabéns!
    Tirei a cidadania portuguesa e estou prestes a receber uma proposta de trabalho para a região de Barcelona. Como funciona o imposto de renda para estrangeiros? Seria um salário em volta de EUR 40k.

    • Oi, William! A declaração do imposto funciona igual para estrangeiros, e a principal vantagem daqui é que se vc tem dúvida, vc pode pedir hora para ir até um posto da receita, onde eles te ajudam a fazer a declaração. Normalmente, é mais simples que no Brasil porque quando você coloca seus dados no sistema, já vão aparecer seus ganhos daquele período e o quanto você teria que pagar ou receber. Abs

      • Então pelos meus cálculos, que fiz com base na internet, seria mais ou menos 29k líquidos, certo?

        • Ah, eu entendi que você queria saber como fazer, não o valor do desconto. Isso não tenho nem ideia, sinto muito! Mas há realmente sites que costumam calcular isso. Abs

  11. Sou profissional na área da beleza como cabelereira quero trabalhar em Madri, será que consigo trabalhar só prestando serviços sem formalidades por um tempo,sou profissional a 16 anos tenho, quanto será que um cabelereira ganha por mês muiti obrigada

    • Oi, Sirley. Conforme venho falando aqui, é bem difícil conseguir um trabalho legalmente se você não tem visto de trabalho e o setor informal também foi afetado pela crise. Não vou dizer que não existe informalidade, porque existe, mas não é tão forte quanto no Brasil. Eu, particularmente, não recomendo vir para ficar ilegal se você não tiver cttos. Abs

  12. olá!! li seu post, atualmente moro na irlanda, dublin mais especificamente, gotaria de saber na area do ”subemprego” tipo kitchen porter, qual seria a base salarial nesta area, pensando no lado de viver ilegalmente ai trabalhando com isso..
    obrigado!

    • Oi, Eduardo! Como o índice de desemprego na Espanha é muito alto, o setor informal perdeu muita força, já que quase nenhuma empresa (seja um bar ou salão de beleza) quer se arriscar a ter um trabalhador ilegal porque as multas são muito altas e porque as pessoas estão dispostas a trabalhar por salários mais baixos. Ou seja, não recomendo vir contando com a possibilidade de encontrar um trabalho ilegal porque está bem difícil. Abs!

  13. Excelentes informações!

    Como é a área médica? Empregabilidade? E para fazer especialização na área médica, do que precisa? Convalidação de Diploma?
    Obrigadooo

    • Oi, Josiel. Recomendo que você dê uma olhada no estudo para saber um pouco mais da área que te interessa porque eu, pessoalmente, não conheço nenhum médico por aqui. Você provavelmente precise homologar o diploma, mas é melhor confirmar isso com o Ministério da Educação ou com alguma associação de profissionais da área. Abs!

  14. Bom dia Larissa,
    Área de computação é viável na Espanha ?

    • Oi, Marcos! Conforme mencionei no post, o setor de informática é um dos que tem menos concorrência e os salários mais altos. No documento da consultoria, você pode ver mais detalhes.

  15. Jose Carlos Campelo // 01/11/2016 em 3:28 pm // Responder

    Boa tarde Larissa muito bom o seu sit e bem pé no chão também,deixando claro a verdadeira situação de quem deseja ir morar em Espanha, estive em Madrid agora em junho e adorei, gostaria de saber sobre vaga de motorista de caminhão, onde posso encontar. Obrigado.

    • Oi, José! Esse é um setor que foi bem afetado pela crise, mas as coisas estão melhorando lentamente. Acredito que com uma boa experiência seja possível encotnrar emprego na área, mas é fundamental ter um visto que te permita trabalhar. Boa sorte!

  16. Oi Larissa, eu e uma amiga queremos ir para espanha, temos contatos mas estaremos ilegal. Qual é a forma mais tranquila de ir pra trabalhar, como é o visto de trabalho?

  17. ILIDIO MANOEL PELAES LEITE // 09/12/2016 em 1:25 pm // Responder

    Trabalhei alguns anos na Espanha, mas a minha contribuição era pouca; hoje recebo 69,95 euros mensais. Em julho deste ano enviaram-me cheque com toda a retroatividade desde 2007, mas não me pagaram os 13’s salários; só me pagaram agora em dezembro junto com a aposentadoria. Pergunto: tenho direito aos 13’s que não me pagaram desde 2007, qual a lei que me ampara para requerer ou não?

  18. boa tarde larissa na area de oficina de lanternagem e pintura de carros vc pode me informar como esta a procura desses proficionais

  19. Larissa Boa Noite, atua aqui no Brasil na área automação comercial, sistemas para comercio, queria saber como é esta área ai na Espanha se a grandes chances de emprego

  20. Daniela Paranhas // 03/02/2017 em 6:47 pm // Responder

    Oi Larissa!

    Trabalho em uma empresa espanhola no Brasil e estou pensando em pedir transferência para Madrid. Só que tenho um filho de 12 anos e fico com receio de ir e ele não se adaptar.
    outra questão é o salário. Daria para viver com 19.000 ano?

    • Oi, Daniela! Sobre crianças nao posso falar muito porque nao tenho filhos. Quanto ao salário, 19 mil euros é bastante ajustado para manter vc e seu filho em uma cidade como Madrid – em cidades pequenas, acho que pode rolar.

  21. Olá Larissa, meu nome é Francisco, sou neto de espanhois e tenho pensado muito em ir embora do Brasil rumo a Espanha, tenho 41 anos, esposa e filho, trabalho na área de TI (Desenvolvedor .Net). Gostaria de saber de você que está aí se acha que poderia conseguir uma vaga em minha área, por onde devo começar a procurar e se conhece pessoas na minha área para poder me indicar e quem sabe fazer um network para um início.
    Desde já agradeço e parabenizo você pelo blog. Se puder me envie via email ou se preferir aqui mesmo.

  22. joão Carlos Toledo Junior Junior // 22/03/2017 em 9:53 pm // Responder

    Ola, larissa atualmente trabalho em uma empresa grande com varias filiais é uma rede de hospitals de 1 linha chamada aqui no Brazil de REDE DOR SAO LUIZ gostaria de saber se vc conhece album hospital em barcelona que seja da rede desde ja agradeço pelas informaçoes

    • Oi, João. Não sei te informar se esse grupo está presente na Espanha. Acredito que o ideal será consultar com a área de RH da sua própria empresa. Abs!

  23. Larissa Guerreiro // 22/04/2017 em 11:44 pm // Responder

    Olá “Xará”, gostaria de tirar umas duvidas, se você puder me ajudar. Sou advogada e estou fazendo um LLM aqui no Brasil em tributário e contabilidade que concluo em setembro. Estava estudando para concurso, tenho 26 anos e só estagiei durante dois anos em um escritorio e depois mais um ano na procuradoria da Fazenda, ou seja, minha experiência de trabalho é como estagiaria, isso conta por ai? Eu estou nos tramites para me mudar para a Europa em setembro/outubro e advogar ai. Estou fazendo uma pesquisa para avaliar se seria melhor morar na Espanha ou Portugal. Mesmo que ambos não sejam países tão ricos como outros da Europa, acredito que qualidade de vida também é o clima e ter praia por perto (pelo menos para mim); por isso estou na duvida entre os dois. Como tenho cidadania portuguesa, em portugal apenas precisaria me inscrever na ordem de lá que já posso advogar. O problema é que pela pesquisa que fiz, os salarios de advogados são muito baixos. Já na Espanha é mais complicado, preciso convalidar meu diploma e fazer algumas materias antes de poder fazer um mestrado e só depois advogar (foi isso que entendi, pelo menos), mas os salários para advogados são bem maiores. Essa informação procede? Você sabe dizer? Conhece algum advogado brasileiro por ai? Se você souber de algo nesse area, mesmo que eu nao tenho perguntado, poderia me dar alguma dica? Desculpa serem tantas perguntas, mas ainda estou um pouco perdida. Desde já, obrigada.

    • Oi, xará! Sim, a experiência de estagiário conta por aqui, mas a questão mesmo é que as leis são diferentes, então não sei exatamente como funciona. Recomendaria entrar em contato com o equivalente espanhol da OAB. Em relação a isso, acho que Portugal é melhor porque você poderia advogar sem ter que passar por trâmites burocráticos. Os salários na Espanha costumam ser mais altos que em Portugal, mas o custo de vida também é. Abs!

  24. Creio que vale ainda adicionar que normalmente o salario aqui (ao menos em Barcelona, e creio que depende de acordos sindicais tambem) é pago em 14 parcelas, uma adicional en Junho e outra adicional em Dezembro. Ou seja, o salario médio de €23.000 deve ser dividido por 14 para ter o valor mensal e ainda descontar os impostos (no meu caso sao descontados quase 27%/mes).

    Muito bom post por sinal. Abç

    • Oi, Taison. Realmente, os salários normalmente podem ser divididos em 12 ou 14 parcelas/ano. Obrigada por lembrar!

  25. Fabiana Oliveira // 10/09/2017 em 10:56 pm // Responder

    Boa noite!Eu e uma amiga temos interesse em abrir um negocio em Barcelona, ela tem cidadania eu não, a principio o que seria interessante e barato? E o fato de eu não ter cidadania, por ser sócia ficaria legal no país?
    Abç Fabiana

  26. Olá,estou prestes a cursar odontologia e tenho interesse em atuar na Espanha,vc sabe me informar se a disponibilidade de trabalho é grande?Hostaria de saber tb se há concursos pra essa área e se o salário oferecido pra cirurgia-dentista é bom.Agradecida!

    • Oi, Eduarda. Não é um setor que conheço a fundo, mas me parece que para atuar na Espanha você tem que homologar seu curso, o que implica em fazer algumas matérias aqui, já que as exigências são diferentes. Além disso, se você não tem um documento que te permita trabalhar aqui, é bem complicado conseguir emprego. Abs

  27. Oi Larissa, por favor, ganhando 5 mil euros/mes, quanto será o meu salário neto? Para esta faixa de ganho,li que é 32% de desconto ao mÊs.Confere esta informação?Muito obrigada pela sua atenção.

Escreva um comentário

Seu e-mail não será divulgado


*